Q

Previsão do tempo

20° C
  • Friday 23° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 24° C
20° C
  • Friday 24° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 24° C
19° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 26° C

Exposição “Leva-me às Costas” até 12 de dezembro no CCC

Inês Lopes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
No dia 15 foi inaugurada a exposição “Leva-me às Costas” da artista plástica Sandra Roda. A exposição está patente no Centro Cultural e Congressos de Caldas da Rainha até dia 12 de dezembro.
A artista plástica Sandra Roda

O projeto artístico surgiu em 2011, altura em que a artista mudou-se das Caldas da Rainha, cidade natal, para Viseu. “Desabitar ilustrações do quotidiano” trata-se de um diário gráfico, que reúne imagens, objetos e peças desenhadas, poemas e expressões do dia a dia de pessoas que se cruzaram com a artista diariamente.

A observação dos gestos, das expressões, dos movimentos diários, das conversas com os outros são a matéria-prima que leva Sandra Roda a refletir e a produzir o projeto artístico.

As obras de Sandra Roda estão espalhadas pelo CCC, desde o espelho de água, a entrada do CCC e o café concerto. “Gosto de trabalhar em espaços diferentes e moldar o percurso dependendo do espaço”, disse. As suas ilustrações podem custar entre os 50 e os 500 euros.

Atualmente a viver no Porto, a artista divide o seu tempo entre o projeto arístico “Desabitar” e a empresa Muuda, onde trabalha com criativos portugueses nas artes plásticas, design e moda.

Membro fundador do Coletivo Supergorrila, admite ter um carinho especial pela terra que a viu crescer. “Caldas da Rainha será sempre a minha cidade e regressar a casa, mesmo com algumas mudanças, será sempre o meu berço e a minha base. É com muito orgulho que exponho o meu projeto no CCC”, declarou.

A artista considera que as Caldas da Rainha tem muito potencial a nível humano e cultural, “É um diamante em bruto, mas tem que desabrochar”, referiu.

Carlos Mota, diretor do CCC, depois de ver o trabalho da artista no Porto, convidou-a a expor no CCC. “É um trabalho refletido de artes plásticas, poesia e literatura que interfere com as pessoas em relação ao espaço”, afirmou, fazendo notar que mesmo com pouca margem financeira, “o CCC está sempre aberto a avaliar novos projetos e portfolios de outros artistas, caldenses ou não, para exporem no CCC”.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Livro de Inês Sofia “O segundo lado da perfeição” alerta para romances tóxicos

“O segundo lado da perfeição” é como se designa o livro da jovem Inês Sofia que foi lançado no passado dia 7 na Escola Básica e Secundária Fernão do Pó, no Bombarral.
É o segundo livro da autora, de 19 anos, e é uma história de amor entre dois adolescentes. “É sobre um relacionamento abusivo. Os seus sinais, a forma como se expressa, a maneira como se faz sentir, e, principalmente, a culpa com que as vítimas ficam”, contou.

ines 1

Papagaios gigantes coloriram o céu na Foz do Arelho

O passado fim-de-semana foi de grande animação na Foz do Arelho, com diversos eventos a terem lugar, no âmbito do 2º Festival da Lagoa. No domingo, os papagaios tomaram conta do céu.

primeira

Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e Bloco de Partos continuam fechados ao fim de semana

A Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e Bloco de Partos no hospital das Caldas da Rainha, na Unidade Local de Saúde (ULS) do Oeste, vão continuar a não receber utentes entre as manhãs de sexta-feira e de segunda-feira e quem necessitar de assistência médica deverá dirigir-se ao Hospital de Santarém, pertencente à ULS da Lezíria.

urgencia