Q

Previsão do tempo

13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C

Saúde mental em risco

Carlos Carujo

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A demissão da única psiquiatra a tempo inteiro e a possibilidade de extinção do serviço de Psiquiatria do Centro Hospital do Oeste são notícias muito preocupantes para as Caldas da Rainha e para o conjunto da região oeste. Contudo, é preciso analisar estes factos enquadrando-os como sintomas de uma determinada forma de governar o país. Em primeiro lugar, porque são o espelho das políticas que destroem o Serviço Nacional de Saúde a partir de dentro, cortando financimento, deteriorando-o, fechando especialidades, acumulando listas de espera, não contratando os profissionais que seriam indispensáveis e desmotivando os que estão a trabalhar.

Os cortes cegos nos serviços públicos pagam-se, geralmente, muito caro. E na saúde, em particular na saúde mental que é o caso que aqui se trata, estes cortes pagam-se não só em termos de qualidade de vida ou de produtividade mas até em vidas, basta ver o aumento do número de suicídios.

Em segundo lugar, a situação do serviço de Psiquiatria do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) é sintomática da forma como se tratam os trabalhadores no nosso país. As psicólogas das equipas comunitárias são trabalhadoras precárias que foram, antes, contratadas pelo extravagante sistema das Empresas Temporárias de Trabalho. Portanto, uma entidade pública pagava a uma empresa para esta ficar com parte significativa do seu salário não fazendo rigorosamente nada em troca. Isto apenas porque o Estado não queria reconhecê-las como suas trabalhadoras temporárias. Agora, são contratadas no regime de prestação de serviços como se fossem trabalhadoras independentes apesar de terem horários e responsáveis hierárquicos definidos.

Aliás, esta é uma situação parecida àquela que foi denunciada pelo Sindicato do Enfermeiros e que se passa neste mesmo Centro Hospitalar. Não será defeito, mas feitio. Com a agravante dos enfermeiros estarem a ser pressionados para aceitar ficar numa situação que parece (pelas informações conhecidas) configurar um caso de falsos recibos verdes.

Não posso terminar sem, numa altura em que o serviço de Psiquiatria do CHO está em risco, agradecer a dedicação de quem, em circunstâncias muito difíceis a vários níveis, procurou promover a saúde mental esforçando-se por envolver o conjunto da comunidade num projeto inovador. Seria urgente não só continuar este caminho mas mesmo reforçá-lo. Haja coragem e vontades. Porque é de algo tão sério como a saúde mental que se trata.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Proteção Civil com simulacros durante uma semana

Ao longo de mais de uma semana, entre 4 e 14 de março, o Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) das Caldas da Rainha realiza o Caldex’24, um programa que inclui exposição de meios e simulacros de incêndios, resgate no mar, roubo de automóvel e acidente de viação.

protecao1

Suspeito de homicídio terá sido ajudado

Luís Lopes, o homem acusado pelo Ministério Público (MP) de homicídio qualificado e profanação de cadáver do seu companheiro, em abril do ano passado, em Adão Lobo, no concelho do Cadaval, não será o único arguido a sentar-se no banco dos réus, no início do julgamento, a 18 de março, às 14h00, no Tribunal de Loures, sede da Comarca de Lisboa Norte.

crime

Ciclista da Ribafria venceu a primeira etapa da Taça de Portugal de Masters

Um ciclista do CRP Ribafria | Grupo Parapedra – Dinazoo – Riomagic venceu a primeira etapa da Taça de Portugal de Masters em Taveiro – Coimbra, no dia 25 de fevereiro. É uma corrida em que os atletas competem pela liderança entre escalões, sendo esta prova composta por cinco etapas.

ciclista