Q

Previsão do tempo

16° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 20° C
16° C
  • Wednesday 21° C
  • Thursday 20° C
  • Friday 20° C
16° C
  • Wednesday 22° C
  • Thursday 21° C
  • Friday 21° C

“Sabores do Mundo” da Escola de Hotelaria e Turismo iniciou com os sabores da Grécia

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A cultura gastronómica portuguesa e de vários países voltou a invadir o Pólo das Caldas da Rainha da Escola de Hotelaria e Turismo do Oeste (EHTO), através da realização do evento “Sabores do Mundo”. A iniciativa, que teve início na passada quinta-feira, vai à semelhança do ano letivo anterior dar a conhecer os melhores sabores do mundo, num cenário alusivo aos temas, que permitirá aos visitantes provar famosas iguarias. Esta fusão gastronómica, no âmbito do projeto pedagógico do ano letivo 2014/2015, deu mote à primeira ementa deste novo ano letivo, que foi alusiva aos sabores da Grécia. Os alunos dos cursos de Cozinha e Pastelaria e Restauração e Bebidas esmeraram-se para que tudo corresse bem no restaurante de aplicação. Da ementa constou como entrada a “Tíganíta”, que é legumes e outros ingredientes fritos e uma salada grega. Nos pratos principais a escolha recaiu sobre “Moussaca” e cordeiro assado a baixa temperatura. No final foi servido “Baklava”, uma sobremesa tradicional da culinária grega que leva nozes, mel e canela. O almoço temático foi elaborado por um grupo de sete alunos finalistas do curso de técnicas de cozinha e pastelaria e servido pelos alunos do curso de técnicas de serviço de restauração e bebidas. A chefe de sala foi Adriana Aleixo e a escanção Bruna Francisco. João Belo foi o aluno responsável pelo serviço de bar, onde serviu um cocktail intitulado “Iogurte grego”.
Daniel Pinto, Luís Tarenta e Marisa Rosa dinamizam “sabores do mundo” na EHTO

Luís Tarenta, chefe executivo da cozinha e formador há 13 anos no Turismo de Portugal, que acompanha os alunos nos almoços temáticos, manifestou que a intenção desta iniciativa é aperfeiçoar os ensinamentos ao longo de três anos, proporcionando uma volta ao mundo na gastronomia. “A ementa é feita através de pesquisa dos alunos, para que tenham mais conhecimentos sobre a cultura gastronómica, porque na vida futura a pesquisa é importante para poderem inovar”, disse o chefe responsável.

Os futuros cozinheiros profissionais ficaram a saber que na Grécia o pão é considerado como um dom de Deus. As pessoas mais velhas benzem-no e fazem uma cruz antes de o cortar.

A EHTO tem este ano um formador novo, o chefe Frederico Ferreira, ex-aluno de Luís Tarenta na Escola de Turismo de Coimbra. Já trabalhou em Copenhaga num restaurante distinguido com estrela Michelin.

A formadora Marisa Rosa, que é a coordenadora do serviço de restauração e bebidas, diz que os alunos este ano vão ter que fazer uma ligação maior dos vinhos com a ementa.

Restaurante de aplicação aberto ao público

O ano letivo iniciou e os alunos voltam a mostrar o que sabem com esta iniciativa que serve também para os avaliar. Até ao final do ano letivo a EHTO está a desenvolver menus especiais temáticos (gastronomia internacional, gastronomia portuguesa, gastronomia temática, queijos, cogumelos, entre outros) às quintas-feiras. Cada primeira quinta-feira do mês, em vez do evento temático ser ao almoço, decorrerá ao jantar, no restaurante de aplicação da Escola. “A dinâmica de trabalho deste ano é muito semelhante ao que fizemos no ano passado, porque o feedback foi positivo. No entanto, vamos tentar não repetir os países”, apontou o chefe responsável.

“Cozinha Mediterrânica” dará o mote à ementa de amanhã. O primeiro jantar temático vai decorrer no dia 6 de novembro na área da micologia e no dia 4 de dezembro será um jantar de sushi.

Daniel Pinto, diretor da escola, diz que “a gastronomia é um universo artístico que pode ser ligado a muita coisa, desde a criação da ementa, empratamento e decoração da sala”. Acrescenta que a iniciativa “Sabores do Mundo”, engloba não só a gastronomia de outros países mas “também outras iniciativas inovadoras como a vinda da jovem caldense Liliana Alves que vai falar e mostrar as suas peças de joalharia de autor. Haverá uma noite temática de joalharia e gastronomia, e outra sobre cerâmica com a presença do artista Ferreira da Silva.

O restaurante de aplicação está aberto ao público de segunda a sexta-feira com menus especiais e inovadores.

Marlene Sousa

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Bombarral com teleassistência e monitorização

O Município do Bombarral vai firmar um protocolo de cooperação com a GNR com vista à implementação do programa “eGuard – Sistema de Teleassistência e Monitorização”.

Opticaldas renovou imagem

A Opticaldas, a funcionar há cerca de três décadas em Caldas da Rainha, renovou o espaço com o intuito de criar mais conforto para a equipa e clientes. Preocupada com o meio ambiente, adotou práticas voltadas para a sustentabilidade. O “ambiente familiar” e a “proximidade com o cliente” são um dos fatores diferenciadores da Opticaldas, que apresenta uma nova imagem.

Opticaldas 1