Q

Previsão do tempo

15° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 20° C
  • Monday 25° C
15° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 25° C
15° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 27° C
Numismática

Moedas Portuguesas Comemorativas do Euro Por: Luís Manuel Tudella

12 de Junho, 2014
32ª. Moeda VII Série Países Ibero-Americanos nos Jogos Olímpicos Maratona 10 Euro Características da moeda Anv: Apresenta no centro do campo a composição de figuras representativas de dois atletas em pleno esforço de corrida seguido por um soldado com a sua farda, portando na mão esquerda o escudo e na mão direita uma lança. Por baixo o valor facial da moeda “10 Euro Maratona” em três linhas; completa a composição da moeda circundando toda a orla a legenda “Países Ibério - Americanos nos jogos Olímpicos – Maratona”. Rev: Apresenta no campo central e no círculo interior o escudo das armas nacionais sobreposto à esfera armilar, circundado pela legenda “República Portuguesa e pela era da moeda “2007”. No círculo exterior a heráldica dos países ibéricos e ibero-americanos, aderentes a este evento, Portugal, Espanha, Argentina, Equador, Guatemala, México, Nicarágua Paraguai e Perú. Autor: José Cândido.

Moedas de Prata com acabamento normal:

Valor facial 10 Euro; Ag: 500/100 de toque; Dia 40 mm; Peso 27 g.; Bordo serrilhado. Cunhagem 70.000 exemplares.

Moedas de Prata proof:

Valor facial 10 Euro; Ag: 925/100 de toque; Dia 40 mm; Peso 27 g.; Bordo serrilhado. Cunhagem de 17.500 exemplares.

Maratona é o nome de uma corrida realizada na distância oficial de 42,195 km, normalmente em ruas e estradas. Esta modalidade desportiva teve a sua origem na homenagem a uma antiga lenda grega do soldado ateniense Feidípedes, um mensageiro do exército de Atenas, que teria corrido cerca de 40 km entre o campo de batalha de Maratona até Atenas para avisar os cidadãos da cidade da vitória dos exércitos atenienses contra os persas e morrido de exaustão após cumprir a missão. É uma das mais longas, desgastantes e difíceis provas de atletismo que ininterruptamente se tem realizado desde a primeira edição dos Jogos Olímpicos em Atenas no ano de 1896.

A distância atual da maratona de 42,195 Km., percorrida pela primeira vez na edição dos Jogos Olímpicos de Londres no ano de 1908, só se tornou oficial no ano de 1921. Esta modalidade ao longo dos anos tem vindo a aumentar o seu prestígio, o qual hoje se traduz numa das corridas mais populares e participativas em todo o mundo, ao ponto de presentemente se realizarem cerca de 500 maratonas, as quais englobam milhares de participantes. De uma maneira geral os Jogos Olímpicos que são disputados de 4 em 4 anos, são iniciados com a maratona feminina e terminados com a maratona masculina.

A maratona lendária

Reza a lenda que, no ano de 490 a.C., quando os soldados atenienses partiram para a planície de Marathónas para combater os persas na Primeira Guerra Púnica, suas mulheres ficaram ansiosas pelo resultado porque os inimigos haviam jurado que, depois da batalha, marchariam sobre Atenas, que violariam suas mulheres e sacrificariam seus filhos. Ao saberem dessa ameaça, os gregos deram ordem às suas mulheres para, se não recebessem a notícia da sua vitória em 24 horas, matar seus filhos e, em seguida, suicidarem-se. Os gregos ganharam a batalha, mas a luta levou mais tempo do que o esperado, de modo que temeram que elas executassem o plano.

Para evitar isso, o general grego Milcíades ordenou ao seu melhor corredor, o soldado e atleta Feidípedes, que corresse até Atenas, situada a cerca de 40 km dali, para levar a notícia. Feidípedes correu essa distância tão rapidamente quanto pode e, ao chegar, conseguiu dizer apenas “vencemos”, e caiu morto pelo esforço despendido. Seja como for, cerca de 2400 anos mais tarde, em 1896, quando da criação dos primeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna, Feidípides foi homenageado com a criação dessa prova, cuja distância foi estipulada em cerca de 40 km, a distância aproximada de Maratona a Atenas, mas que desde 1921 tornou-se oficialmente de 42,195 km, depois de ser disputada nesta distância em Londres 1908.

A grande maioria dos atletas que participam de uma maratona não a corre para vencer. O mais importante para os corredores amadores é correr contra si mesmo, conseguindo tempos mais rápidos e uma melhor colocação no seu grupo de idade ou de sexo. Muitos têm como meta apenas conseguir completá-la. Estratégias para a prova incluem correr a distância toda em ritmos diferentes ou andar e correr alternadamente por todo o percurso.

Em 2005, o tempo médio de uma maratona nos Estados Unidos era de 4:32:08 para os homens e 5:06:08 para as mulheres. Claire Lomas completou a Maratona de Londres depois de dezassete dias de prova.

Recordes e melhores marcas

Os recordes mundiais para a maratona não eram oficialmente reconhecidos pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF) até 1 de janeiro de 2004. Anteriormente, eles eram oficialmente designados como “melhor marca mundial”. Para as marcas serem reconhecidas, o percurso onde são conquistadas devem atender às exigências da Federação. Normalmente, esses percursos são planos e de ida-e-volta. Os tempos mais rápidos acontecem em provas ao nível do mar, sem grandes oscilações do terreno, com temperaturas baixas e a ajuda de “lebres”, corredores contratados para dar um ritmo forte à prova até determinada distância previamente estipulada, levando os principais competidores a marcas intermediárias rápidas, e depois abandonarem a corrida. O percurso tem a distância de 42,195 km medidos com o aparelho de calibragem da quilometragem usado em bicicletas, conhecido como Jonas Counter. A recordista do mundo é a britânica Paula Radcliffe, e o recorde masculino está no poder do queniano Wilson Kipsang, com o tempo de 2:03:23, obtido na maratona de Berlim no ano de 2013.

Portugal tem no seu palmarés dois atletas que venceram a maratona dos Jogos Olímpicos. 1º. Carlos Alberto de Sousa Lopes (Vildemoinhos, 18 de fevereiro de 1947) foi um atleta e campeão olímpico, um dos melhores da sua geração sendo uma referência mundial do atletismo de longa distância. Ganhou a maratona nos Jogos Olímpicos de Montreal, no ano de 1976. 2º. Rosa Maria Correia dos Santos Mota (Porto, 29 de junho de 1958) foi uma atleta campeã olímpica e mundial da maratona. Ganhou a maratona nos Jogos Olímpicos de Seul, no ano de 1988.

Fontes: Documentação avulsa da INCM; Coleção particular do autor. Wikipédia – Maratona.

Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Presidente da Câmara dá pelouros ao PS para garantir governação

Decorreu na passada sexta-feira a cerimónia de tomada de posse dos novos órgãos municipais em Peniche. Um acordo entre o presidente da Câmara e o PS foi a forma encontrada para garantir uma governação estável, por existirem quatro forças diferentes eleitas para a autarquia.

peni

Hospital retoma curso de preparação para futuras mamãs

O Serviço de Obstetrícia do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) retomou na semana passada as sessões presenciais do curso de preparação para o parto e parentalidade, suspensas desde abril de 2020 no âmbito das medidas de combate à pandemia de Covid-19.

parto1

Eleitos do Município do Cadaval tomaram posse

Realizou-se no passado dia 11 a cerimónia de instalação dos órgãos municipais do Cadaval para o mandato 2021-2025. Para além da tomada de posse, teve lugar a eleição da mesa da Assembleia.

cada