Q

Previsão do tempo

21° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 28° C
21° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 30° C
22° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 34° C

Escola D. João II acolheu exposição “Física no dia a dia”

Inês Lopes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
No dia 23, foi inaugurada a exposição "Física no dia a dia", na Biblioteca da Escola Básica 2,3 D. João II das Caldas da Rainha, que estará aberta ao público até 6 de maio. Nos dias úteis, as visitas são direcionadas para as escolas entre as 9h e as 18h30, mediante marcação. Nos feriados e fins de semana a exposição está aberta das 14h às 18h30 para a comunidade em geral. A entrada é livre.
Momento musical e declamação de poesia proporcionado por alunos da escola

A exposição itinerante “Física no dia a dia” é a adaptação de uma exposição de 63 experiências do Pavilhão do Conhecimento, em Lisboa, baseada na obra “A Física no dia a dia” de Rómulo de Carvalho, e já esteve patente em 40 escolas do país no âmbito do programa “O Mundo da Escola”, criado pelo Ministério da Educação e da Ciência, em 2012.

Produzida pela Ciência Viva, a exposição está organizada de forma simples e objetiva e dividida em 32 experiências.

É a partir de objetos do quotidiano que se explicam inúmeros princípios da Física Clássica, trazendo uma nova visão do mundo que nos rodeia. Esta está organizada seguindo a lógica das divisões de uma casa – quarto (experiências sobre luz e visão), sala (experiências sobre luz, visão, som e audição), escritório (experiências sobre eletricidade e magnetismo), cozinha (experiências sobre água: densidade e flutuabilidade) e jardim (experiências sobre ar: pressão) – onde se exploram as principais áreas da Física clássica, a partir de materiais simples, tais como clipes e pregos, espelhos e relógios, chaleiras e balanças de cozinha.

As experiências estão adaptadas a conceitos do quotidiano, como por exemplo questões como a fibra ótica (utilizada na internet e na TV) ou de exames médicos como a endoscopia. Rui Fonseca e Augusto Rodrigues, ambos professores da escola, irão orientar os alunos nas experiências.

Esteve presente na inauguração da exposição Ana Maria Eiró, diretora do programa “O Mundo na Escola”, que destacou a importância de iniciativas na área das ciências e da tecnologia para o desenvolvimento das competências dos alunos, bem como forma de rentabilizar os espaços físicos das escolas e os recursos existentes.

Lançado em outubro de 2012, o programa desenvolveu projetos como duas exposições itinerantes – de insetos e a “Física no dia-dia” – um concurso e aulas abertas nas instalações das escolas, dadas por cientistas. “Ao longo destes dois anos letivos envolvemos mais de cem mil alunos e de oitenta escolas nas atividades”, relatou Ana Maria Eiró, acrescentando que “nesta atividade especifica, o objetivo é ir ao encontro dos alunos e da comunidade, e desmistificar o conceito da física, motivando os alunos a fazerem experiências, pois a experimentação é a base da ciência”, disse.

Ana Maria Eiró considerou que a D. João II “tem boas condições físicas, e os professores da escola são empenhados e vê-se que querem fazer mais pelos seus alunos e pela ciência e tecnologia”.

Fernando Pais, em representação do secretário de Estado do Ensino e da Administração Escolar, João Casanova de Almeida, salientou a importância deste tipo de iniciativas que mostram que “a escola pode ser um sítio divertido e dinâmico”, disse.

A inauguração contou com a presença do vereador do pelouro da Educação, Alberto Pereira, e do presidente da Câmara Municipal das Caldas da Rainha, Tinta Ferreira, que se mostrou disponível para apoiar esta e outras iniciativas na área do ensino.

Jorge Graça, diretor da D. João II, espera que esta exposição constitua um polo de atração para a população caldense, dando visibilidade à cidade e ao agrupamento, no fundo “criar uma análise crítica de forma que os alunos e a comunidade em geral queiram experimentar”, sublinhando que “esta exposição vai ao encontro das ideias que apresentamos e defendemos no nosso projeto educativo: um ensino de qualidade, de rigor e exigência, que apela à curiosidade inata dos nossos alunos, que vai de encontro aos seus interesses”.

A escola homenageou o professor de Física e poeta Rómulo de Carvalho, através do painel elaborado por um aluno da Escola Superior de Artes e Design de Caldas da Rainha e que se encontra no espaço da exposição.

O Externato Cooperativo da Benedita acolhe a exposição itinerante entre os dias 7 e 12 de maio.

Inês Lopes

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Detido com faca de mato após zaragata no Parque

Um indivíduo de 26 anos foi detido pela PSP das Caldas da Rainha no Parque D. Carlos I quando tinha abandonado uma faca de mato, com uma lâmina com comprimento superior ao legalmente permitido, após ter estado envolvido numa zaragata com outro homem.

“Barcos com História” em exposição em Alfeizerão

“Barcos com História” é como se designa a exposição de modelismo estático de Aníbal Figueiredo que está patente até 31 de julho no espaço Baú das Memórias, em Alfeizerão.Trata-se de uma mostra de 17 miniaturas em madeira que representam barcos que de uma forma ou outra marcaram a história.

Barcos 1

Líder do PCP diz que a construção do novo hospital do Oeste é uma opção do Governo 

O secretário-geral do PCP, Paulo Raimundo, esteve na Festa de Verão do PCP, junto ao Penedo Furado, na Foz do Arelho, no passado dia 14, e disse que a construção do novo hospital do Oeste nesta legislatura é “uma questão de opção do Governo”. “Não me venham dizer que não há dinheiro, é mentira. São precisas opções”, afirmou.

PCP 1