Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 22° C
18° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 23° C
18° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 24° C
  • Wednesday 25° C
Duas jovens empreendedoras

Gold Velvet – Da animação cultural para a moda

Inês Lopes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Após ter terminado o curso em Animação Cultural na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Leiria, em 2011, e depois de ter enviado vários currículos, mas sem perspetivas de emprego na área de formação, a caldense Cláudia Brás, 24 anos, abriu uma loja, no final do ano passado, de roupa e acessórios na Rua Henrique Sales. Gold Velvet é o nome da loja, contudo, inicialmente a venda dos artigos era somente feita através do facebook e em feiras pela cidade, como é o caso do Bazar à noite e do evento Tralhas e tarecos, bem como por todo país. A ideia surgiu porque “tinha necessidade de manter-me ocupada e por outro lado de ganhar dinheiro”. Cláudia aliou-se aos pais, que já vendiam em feiras de antiguidades, e apostou numa atividade que para ela era inicialmente um hobbie.
Cláudia Brás iniciou a sua atividade com artigos de bijutaria

Após um ano com artigos ligados à bijuteria, Cláudia Brás alargou a sua formação e inscreveu-se num curso de costura, onde criou bases para conseguir trabalhar individualmente e criar as suas próprias peças.

O nome da marca é inspirado no filme “Blue Velvet” de David Lynch e pela autora das peças gostar de dourado, preto e veludo. A marca tem duas linhas de vestuário, o estilo juvenil e urbano e o estilo retro e vintage. Muitas das peças são únicas, pois Cláudia, ao transformar as peças base com aplicações em tecido, brilhantes, entre outros, torna-as únicas e diferentes para cada cliente.

As vendas têm superado as expectativas, ”apesar da falta de apoios ao empreendorismo e da crise do comércio em geral”, disse a jovem ao JORNAL DAS CALDAS.

Atualmente a jovem deixou de procurar emprego na área da animação cultural pois quer dedicar-se a tempo inteiro ao seu novo projeto. Contudo, afirma que “se surgir alguma oportunidade de conciliar a animação cultural com a marca, não desperdiçará a oportunidade”.

Tia Xícara – De comunicação social e multimédia para o cake design

Daniela Viera, 26 anos, é outro dos exemplos de sucesso de empreendedorismo jovem. Após ter terminado o curso de comunicação social e educação multimédia, na Escola Superior de Educação e Ciências Sociais de Leiria, em 2009, a jovem recém-licenciada iniciou o seu percurso profissional num call centre e posteriormente na área da restauração.

Contudo, em 2012 Daniela dedicou-se a tempo inteiro à confeção de bolos por encomenda. Influenciada pela mãe de um amigo que fazia bolos em casa, a designer começou a fazer cup-cakes personalizados para oferecer à família no Natal. As primeiras experiências da jovem foram um sucesso, o que a levou apostar no negócio e a fazer as delícias dos clientes da padaria dos pais (Padaria da Ramalhosa).

Para além de utilizar o facebook para vender os bolos da Tia Xícara, Daniela Vieira fez parceria com alguns cafés das Caldas da Rainha como Biscoito, Doce Pecado, Pópulos, Tibinô – casa de petiscos e Doce Mania.

O nome Tia Xícara está relacionado com a confeção dos cup-cakes, pois as medidas dos ingredientes para os seus bolos em pequeno formato são a de uma xícara.

Para além dos bolos de aniversário, dos cup-cakes normais e em formato mini, a Tia Xícara também faz cookiepops (bolacha no palito) e telegrama da tia (vários cup-cakes que juntos constituem uma mensagem para alguém especial).

Daniela Vieira iniciou-se na área do cake design sem qualquer formação, apenas a fazer experiências. Contudo, os pedidos começaram a ser muito diversificados o que levou a jovem apostar na formação. “Quando quis passar para os bolos de aniversário, tirei uma formação base na empresa “Isto faz-se” em Lisboa, onde aprendi a enfeitar e a forrar um bolo”, explicou a cake designer. Daniela Vieira está atualmente a terminar a formação em cake design na Academia Profissional de Cake Design, nas Caldas da Rainha.

Atualmente executa as encomendas no seu atelier, no café dos pais, mas “espero um dia tornar aquilo numa pequena fábrica”, aponta

Inês Lopes

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Quatro pessoas assistidas em acidente aparatoso

Um acidente envolvendo dois carros na Avenida Barata Feyo, junto ao hipermercado E.Leclerc, nas Caldas da Rainha, ocorreu neste domingo de manhã, levando quatro pessoas a serem assistidas pelas equipas pré-hospitalares dos bombeiros.

despiste1