Q

Previsão do tempo

18° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 20° C
18° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 19° C
19° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 23° C

Agradecimento público aos agentes de polícia de Caldas da Rainha

Fernando Rocha

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Começo por dizer, que o faço em primeiro lugar aos senhores agentes de Caldas da Rainha, mas que este deve ser, certamente, um comportamento muito generalizado nos quadros da PSP nacionais.

Todas as vezes, sem exceção negativa, sempre que tenho recorrido à PSP, os seus agentes comportaram-se para comigo de uma forma muito correta e não foram tão poucos casos quanto isso.

Eu tenho um cãozinho, que é o Nico, que anda quase sempre comigo e que desloco com trela, quase sem exceção. Durante o dia, quando estou no Espaço abril, em frente ao Parque, tenho a porta aberta ou encostada, geralmente (embora o Nico, mesmo bem encostada, já tenha artes de a abrir).

Ora no passado sábado, como aliás já umas duas vezes aconteceu, o Nico “pirou-se” ao final da tarde (provavelmente para ir ao nosso maravilhoso caldense jardim parque.

Esperei por ele, comendo qualquer coisa, no Espaço abril, até às 22 horas. Não apareceu e como estou coxo (parti um pé e ando com dores na coluna também) pedi a um amigo para me trazer a casa (até porque tinha medicamentos a tomar), tendo o cuidado de ver nos sítios mais usuais onde o “cavalheiro” pudesse estar. Antes tinha telefonado para uma vizinha da minha casa, na zona da Estação da CP, a saber se ele lá tinha aparecido. Ela disse-me que não o tinha visto o meu querido Nico. Depois, quando cheguei, a vizinha, da janela do seu 2º andar, disse-me que o vira, mas que se tinha ido embora, sem que ela o conseguisse apanhar.

Como me estou a deslocar com muita dificuldade e não conduzo, não tive condições de o voltar a procurar.

Já próximo da meia-noite, todavia, recebo um telefonema de pessoas dizendo que ele estava, a chorar, à porta do meu espaço, dizendo-me, igualmente, que a polícia lá estava, também. Perguntaram-me se o podia ir buscar e disse, que não podia, devido a estar mal de saúde. Foi então que os senhores agentes, num gesto de muita simpatia e de respeito pelas pessoas, que estavam incomodadas com o facto, se prontificaram a trazer-me o Nico. E assim fizeram, o que muito agradeço, dizendo-me, até, que o fizeram, para sossegar as pessoas presentes junto ao espaço, pois sabiam, que de manhã, muito certamente, ele lá estaria à minha espera.

Foi mais uma atitude bonita e de cordialidade de senhores agentes da PSP. Sempre me trataram em casos de necessidade minha com grande competência e demonstrando estar, de facto, ao serviço das populações.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Barómetro – Festival de Intervenção Cultural e Artística

O Teatro da Pessoa, numa parceria com a Junta de Freguesia das Gaeiras e o Município de Óbidos, organiza a II edição do Barómetro - Festival de Intervenção Cultural e Artística, que acontecerá no Convento de São Miguel, nas Gaeiras, de 12 a 19 de maio.

Rute Silva apresenta livro

O auditório municipal Casa da Música, em Óbidos, é palco no dia 18 de maio, pelas 17h30, da apresentação do livro “Diário de Hodgkin”, de Rute Silva.

rute