Q

Previsão do tempo

15° C
  • Monday 18° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 22° C
15° C
  • Monday 18° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 23° C
15° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 25° C
Hospital das Caldas da Rainha

Comissão de Utentes critica “degradação das condições de atendimento” no Serviço de Urgência

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Comissão de Utentes "Juntos pelo Nosso Hospital" vem mais uma vez em comunicado chamar a atenção das autoridades locais, regionais e nacionais para a “crescente degradação das condições de atendimento no Serviço de Urgência do Centro Hospitalar do Oeste (CHO), particularmente no pólo hospitalar das Caldas da Rainha”.
Utentes, em comunicado, queixaram-se de situações no período de Natal e Ano Novo

“Consideramos como absolutamente inaceitáveis as condições de acesso e permanência dos utentes e seus familiares no Serviço de Urgência do pólo hospitalar das Caldas da Rainha, que originaram as situações dramáticas vividas no passado período de Natal e Ano Novo”, manifesta a comissão.

Segundo apontou, verificou-se a “inexistência de um plano de contingência fiável para acolher de uma maneira digna as pessoas doentes que procuraram o Serviço de Urgência naquele período, incluindo os seus acompanhantes e familiares, tal como está definido legalmente (mesmo considerando como “pico de afluência” o número de 80 pessoas em permanência)”.

A comissão indica que constatou “a observação de um tempo de espera de oito horas para doentes identificados como “amarelo”, isto é, “urgente” de acordo com o sistema de triagem de Manchester, quando o tempo máximo recomendado pela mesma triagem de Manchester é de uma hora”

Verificou também que “tem havido dias sem cobertura de algumas especialidades básicas como, por exemplo, Ortopedia, a existência de lacunas nas escalas de médicos, com diminuição dos efetivos em dias problemáticos, a falta de proximidade da direção da Urgência (que se encontra deslocalizada) e a perda de linha hierárquica no terreno, e a permanência de doentes em observação internados em corredores, sem condições de privacidade e sem um espaço que assegure um último reduto mínimo de dignidade humana”.

“A qualidade do atendimento no Serviço de Urgência é um elemento crítico da satisfação global dos utentes. A Comissão de Utentes “Juntos pelo Nosso Hospital” continua a pugnar pela construção de um novo e moderno hospital que sirva os 300 mil habitantes do Oeste, por entender que essa é a melhor solução de futuro, tanto em termos sociais como económicos. Enquanto tal investimento não for possível, consideramos que o Serviço de Urgência do pólo hospitalar das Caldas da Rainha deve constituir uma prioridade para a administração do CHO, da qual esperamos a apresentação urgente de um projeto informado que possibilite a ampliação e modernização do Serviço de Urgência. Tal projeto deve oferecer respostas tangíveis para a reabilitação dos espaços físicos, modernização dos equipamentos e sistemas de informação e comunicação, assim como a necessária e imprescindível motivação dos recursos humanos que integram o Serviço”, argumenta.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Estudantes visitam Paul de Tornada

A Associação PATO recebeu duas turmas da Escola Secundária Raul Proença, que realizaram um conjunto de atividades de voluntariado, explorando a Reserva Natural do Paul de Tornada numa visita guiada, contribuíram para o nascimento de um jardim sensorial e efetuaram ainda uma monitorização ambiental na Lagoa de Óbidos com o Projeto Coastwatch, recolhendo muito lixo marinho.

pato

Jovens portugueses e finlandeses em intercâmbio

Entre os dias 1 e 8 de abril, a Associação Juvenil de Peniche foi palco de um intercâmbio sob a temática da arte e sustentabilidade. O evento recebeu a participação de doze jovens, de Portugal e Finlândia, com idades entre os 15 e os 25 anos.

intercambio

Curso Avançado de Produção de Microalgas e Cultivos Auxiliares

O MARE - Politécnico de Leiria e a Escola Superior de Turismo e Tecnologias do Mar, em Peniche, vão promover uma nova edição do Curso Avançado de Produção de Microalgas e Cultivos Auxiliares, que pretende dar a conhecer as espécies de microalgas cultivadas em laboratório, métodos de cultivo, potencialidades como recursos marinhos, sistemas de produção, e os cultivos auxiliares que beneficiam e cujo valor nutricional pode ser modelado através da alimentação com microalgas. As inscrições estão abertas até dia 27 de maio.