Q

Previsão do tempo

16° C
  • Friday 26° C
  • Saturday 28° C
  • Sunday 27° C
16° C
  • Friday 27° C
  • Saturday 29° C
  • Sunday 28° C
17° C
  • Friday 32° C
  • Saturday 33° C
  • Sunday 31° C

Criado movimento para a segurança e formação rodoviária no Oeste

Francisco Gomes (texto) Carlos Barroso (foto)

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Envolver a comunidade, levando-a a adotar comportamentos cívicos e de prevenção no dia a dia na estrada, de forma a reduzir a sinistralidade, é o objetivo do MOVI – Movimento para a Segurança e Formação Rodoviária, criado por um conjunto de escolas de condução dos concelhos de Óbidos, Bombarral, Cadaval e Peniche, que gostaria que o Oeste fosse “a capital da segurança rodoviária em 2015”.
Apresentação do MOVI, na Albergaria Josefa d’Óbidos

A apresentação do movimento teve lugar na passada sexta-feira na Albergaria Josefa d’Óbidos e contou com a presença de Pedro Heliodoro e Mário Carinhas, sócios-gerentes da escola de condução Santa Maria, de Óbidos, Mário Rui, gerente da escola de condução Cadaval, escola de condução Cordeiro, no Bombarral, escola de condução Baleia e escola de condução Duarte, em Peniche. Participaram ainda na sessão José Nascimento, consultor, e Sobreiro Duarte, responsável da Sentidos Dinâmicos, ligada à formação de condutores e à segurança rodoviária.

O MOVI vai procurar atingir os seus objetivos através de simulacros, workshops e iniciativas de caráter gratuito a realizar em escolas e empresas. Será também desenvolvido um questionário a 200 pessoas sobre conhecimento do Código da Estrada, que irá integrar um estudo sobre as atitudes e comportamentos dos condutores.

Para os responsáveis do MOVI, que estão abertos à participação de mais escolas de condução, a faixa etária mais problemática situa-se entre os 24 e os 30 anos. E como “anúncios na televisão não chegam”, decidiram criar parcerias para a realização de ações de sensibilização, em conjunto com forças de segurança, bombeiros e proteção civil, escolas e associações de estudantes, autarquias e comunicação social.

“É inédito as escolas de condução associarem-se e pretende-se criar ações de sensibilização principalmente junto de jovens condutores, para que tenham consciência de que é fundamental terem mais atitude comportamental ao conduzir”, manifestou Mário Carinhas.

Para José Nascimento tem de haver “um esforço concertado de todos para educar, dar a conhecer as boas práticas da condução na estrada e alertar para as conduções irresponsáveis”. ”Este esforço de prevenção vale a pena se pensarmos que se salvarmos uma vida, salvamos uma família da desgraça”, adiantou.

Sobreiro Duarte criticou a formação inicial de condutores: “Está péssima, não está enquadrada com as necessidades e ao longo dos anos tem vindo a degradar-se e cada vez mais é necessário agir, não só em termos técnicos como comportamentais. Existe uma má preparação dos condutores e há um índice de reprovações elevado. As escolas de condução têm um papel fundamental na redução da sinistralidade, mas perante as suas capacidades financeiras não é possível haver milagres”.

Pedro Heliodoro admitiu que uma formação mais frequente dos condutores é um desafio que vai ser encarado pelo MOVI. “Os condutores estão abandonados. Após tirarem a carta de condução não existe mais atualização de conhecimentos e limitam-se a renovar as cartas”, sustentou.

Francisco Gomes (texto)

Carlos Barroso (foto)

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Alojamento na Serra do Bouro ganha prémio do Tripadvisor

A Flamboyant Boutique B&B, um alojamento de pequena escala na Serra do Bouro, nas Caldas da Rainha, ganhou o prémio Best of the Best 2024 do Tripadvisor, plataforma de avaliações que permite ao utilizador ficar a saber os melhores preços para tudo o que precisa na sua viagem, para além de informações e opiniões de conteúdos relacionados com o turismo.

Flamboyant1

Sofia está desaparecida

Ana Sofia Sousa Ribeiro, de 28 anos, foi supostamente passar uns dias em casa de uma amiga, em Lisboa, no passado dia 19, mas está desaparecida desde então, relata a família.

desaparecida

“Há Festa na Bordalo”

A Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, nas Caldas da Rainha, é palco da iniciativa “Há Festa na Bordalo”, no dia 4 de junho, para encerramento do ano letivo.