Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 22° C
18° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 23° C
18° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 24° C
  • Wednesday 25° C

Livro “Amicis e o Fantasma da Foz” com aventura na Lagoa de Óbidos

Marlene Sousa

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Foi um sucesso a sessão de lançamento do livro “Amicis e o Fantasma da Foz”, de Maria Ferreira, que decorreu no passado dia 9, na Biblioteca Municipal das Caldas da Rainha. A afluência de cerca uma centena de pessoas ao lançamento da obra, onde de forma lúdica divulga a região Oeste, em particular a Lagoa de Óbidos, é a prova da admiração que os caldenses têm pela autora, Maria Ferreira, que nasceu em Torres Novas e vive nas Caldas desde 1985.
A autora, Maria Ferreira

Acompanhou o lançamento do livro uma pequena exposição de telas do pintor Manuel Taraio.

Mário Xavier, amigo da autora, fez a apresentação do livro.

Presente nesta iniciativa esteve o presidente da Câmara Municipal, Tinta Ferreira, que elogiou a obra, nomeadamente pela divulgação das Caldas e da Foz do Arelho.

Encantado pelo livro, Luís Ribeiro, presidente da Assembleia Municipal, disse que a história podia inspirar um filme sobre a zona das Caldas da Rainha.

O livro, editado por Edições Vieira da Silva, conta a história de um grupo de cinco jovens que vivem uma aventura, após a segunda guerra mundial, na Foz do Arelho, quando partem para um campo de férias dedicado ao ambiente e à defesa da Lagoa de Óbidos.

É o primeiro livro da autora, que presta serviço no Ministério da Justiça. Maria Ferreira fez um balanço positivo da sessão de lançamento do “Amicis e o Fantasma da Foz”. Quanto ao repto de Luís Ribeiro sobre o livro dar um bom filme, a autora sublinhou que ao escrever a obra “imaginou-se como espetadora numa sala de cinema”.

Maria Ferreira tem uma paixão pela Lagoa de Óbidos e foi em virtude dessa chama que escreveu esta obra. “Sempre que se contempla a Lagoa de Óbidos, cuja paisagem parece que interage com os nossos próprios sentimentos, cria-se a necessidade, quase que uma obrigação para aqueles que vivem nesta zona, de a divulgarem pelos quatro cantos do mundo”, disse a autora, que espera que o seu livro tenha sucesso e que ajude a divulgar a região Oeste, que deve ser premiada pela “própria natureza”.

Segundo Maria Ferreira, é um livro que mistura a ficção com espaços físicos reais, que procura de forma lúdica divulgar os locais mais emblemáticos da região Oeste, em especial a Foz do Arelho, Caldas da Rainha, Óbidos e as Berlengas. “Após a segunda guerra mundial, estranhos e insólitos avistamentos começaram a fazer parte do dia a dia da população da Foz do Arelho. Todos aqueles que se atreviam a divulgá-los, acabavam por desaparecer”, explicou a autora, que com a ajuda de cinco jovens, três rapazes e duas raparigas, criou um enigma que vai se desvendando.

A obra está disponível nas Livrarias Pitau, Vogal, Parmaso e brevemente na Bertrand (Vivaci). Para mais informações pode consultar Edições Vieira da Silva.

A autora, já está a trabalhar no seu segundo livro. É também uma aventura, só que se vai passar na zona de Torres Novas, de onde Maria Ferreira é natural.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Quatro pessoas assistidas em acidente aparatoso

Um acidente envolvendo dois carros na Avenida Barata Feyo, junto ao hipermercado E.Leclerc, nas Caldas da Rainha, ocorreu neste domingo de manhã, levando quatro pessoas a serem assistidas pelas equipas pré-hospitalares dos bombeiros.

despiste1