Q

Previsão do tempo

20° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 23° C
20° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 23° C
20° C
  • Friday 20° C
  • Saturday 22° C
  • Sunday 24° C

Estudantes ajudam a cuidar do património cultural da vila de Óbidos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Em 2011, o Município de Óbidos e a Escola Profissional de Arqueologia celebraram um protocolo de colaboração no âmbito da proteção e valorização do Património Arqueológico do Concelho de Óbidos, cuja amplitude de espírito permite abranger outros domínios do património cultural. Dado que o concelho de Óbidos possui um Património Arqueológico e Arquitetónico muito rico e que a Escola Profissional de Arqueologia oferece formação técnico-profissional em diversas áreas do Património Cultural, elaborou-se um Plano de Intervenção no Património Cultural da Vila de Óbidos, onde constam três eixos de ação.
Alunos da Escola Profissional de Arqueologia ajudam conservação do património

No âmbito do património arqueológico, o Plano visa a colaboração em trabalhos arqueológicos preventivos a realizar em edifícios ou espaços municipais, no tratamento de materiais arqueológicos e na conservação e restauro de materiais ou estruturas arqueológicas. No âmbito do património arquitetónico, o Plano pretende a conservação de revestimentos exteriores e acabamentos de edifícios, tanto de propriedade municipal, como das paróquias de Santa Maria e São Pedro. E no âmbito do património móvel, o Plano visa a conservação e restauro de bens móveis, maioritariamente pertencentes à rede museológica municipal e às paróquias de Santa Maria e São Pedro.

Deste modo, o Serviço de Arqueologia recebe, neste momento, três alunos do Curso de Assistente de Arqueólogo para formação em contexto de trabalho. Os alunos realizam trabalhos de limpeza e remoção de colonização biológica no Aqueduto da Usseira, que se encontra classificado como Imóvel de Interesse Público. Estes trabalhos tiveram início no ano passado, prevendo-se a limpeza de um troço do monumento em cada ano. Em paralelo, os alunos efetuam o tratamento de materiais arqueológicos nas instalações do Serviço de Arqueologia.

No âmbito da Conservação e Restauro foi feito um plano de prevenção e conservação de património móvel, nomeadamente duas esculturas de vulto, pertencentes ao espólio das Paróquias de Santa Maria e São Pedro, à guarda da Rede de Museus e Galerias, mais exatamente o Museu Municipal, colocando os alunos a par dos cuidados e deveres a ter com o Património, tendo em consideração o local de exposição versus local ao culto.

Com os dois alunos do Curso de Assistente de Conservação e Restauro, e considerada como intervenção de emergência, foi intervencionada a pintura colocada a descoberto no Portal do Cemitério da Amoreira, aquando da limpeza dos muros adjacentes. Trata-se provavelmente de uma pintura do séc. XIX, mas não existem quaisquer registos. Foi promovido o levantamento das pinturas recentes (cal e tintas industriais), remoção dos elementos metálicos, e consolidação do suporte.

A formação em contexto de trabalho decorreu de 16 a 27 de setembro. Tal como nos anos anteriores, o Município de Óbidos comparticipou nas despesas de formação, mediante a cedência de alojamento e alimentação em instalações municipais.

Nas próximas formações em contexto de trabalho, prevê-se que os alunos efetuem, entre outras tarefas, a remoção de elementos dissonantes das fachadas das Igrejas de Santa Maria e de São Pedro, para posterior recuperação de rebocos e cantarias.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Papagaios gigantes coloriram o céu na Foz do Arelho

O passado fim-de-semana foi de grande animação na Foz do Arelho, com diversos eventos a terem lugar, no âmbito do 2º Festival da Lagoa. No domingo, os papagaios tomaram conta do céu.

primeira

Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e Bloco de Partos continuam fechados ao fim de semana

A Urgência de Ginecologia/Obstetrícia e Bloco de Partos no hospital das Caldas da Rainha, na Unidade Local de Saúde (ULS) do Oeste, vão continuar a não receber utentes entre as manhãs de sexta-feira e de segunda-feira e quem necessitar de assistência médica deverá dirigir-se ao Hospital de Santarém, pertencente à ULS da Lezíria.

urgencia

“Mural dos afetos” dá as boas-vindas a quem chega à cidade

A imagem de uma mãe abraçada à filha embeleza a fachada de um edifício na Rua General Amílcar Mota, na entrada sul da cidade. Trata-se de um mural de arte urbana, da autoria de Daniel Eime, que identifica Caldas da Rainha como uma cidade que há uma dezena de anos faz parte do Movimento Cidade dos Afetos.

afetos