Q

Previsão do tempo

9° C
  • Sunday 11° C
  • Monday 15° C
  • Tuesday 16° C
9° C
  • Sunday 11° C
  • Monday 15° C
  • Tuesday 17° C
9° C
  • Sunday 11° C
  • Monday 15° C
  • Tuesday 17° C

Candidatos da CDU denunciam condições dos trabalhadores dos Serviços Municipalizados

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Na passada quinta-feira, os candidatos da CDU à Câmara e Assembleia Municipal das Caldas da Rainha realizaram uma visita aos Serviços Municipalizados, tendo contactado com vários trabalhadores e mantido conversa sobre os problemas com que se debatem.

De acordo com José Carlos Faria e Vítor Fernandes, várias são as situações que há diversos anos afetam os trabalhadores dos Serviços Municipalizados.

“Desde 2001 fazem turnos durante todo o ano e só recebem 8 meses. Porém, há quem receba todo o ano. É um problema que se arrasta no Tribunal desde 2003”, indicam.

Por outro lado, “em cerca de 50 trabalhadores, 23 têm ordenado mínimo, situação que poderia ter sido resolvida se a Câmara Municipal tivesse aderido à opção gestionária. Em Óbidos ou Porto de Mós, trabalhadores com o mesmo nível de responsabilidade e tempo de serviço, ganham mais 80€ por mês”.

“Há 12 anos que não há promoções, as categorias profissionais estão no limite mínimo e a partir das 16 horas só ficam 4 pessoas a trabalhar”, referem. “Se houver uma simultaneidade de problemas, como é que se resolve?”, questionam, adiantando que “o pagamento/hora numa emergência, em alguns casos não cobre os custos de deslocação dos trabalhadores”.

“A prevenção de fim de semana para a eletricidade (média e baixa tensão) é assegurada por uma empresa privada que recebe cerca de dois mil euros por mês, quando há capacidade técnica instalada capaz de dar resposta aos problemas. Não se potenciam as capacidades existentes, optando-se pelo benefício das empreitadas externas”, contestam José Carlos Faria e Vítor Fernandes.

Os candidatos apontam ainda que “não se verifica a formação e atualização de conhecimentos, apenas ações esporádicas no âmbito da Segurança e Higiene no Trabalho”

“Existe, de facto, uma situação discriminatória, em termos de vencimentos, promoções e formação em relação a outros trabalhadores da Câmara e de outras autarquias”, concluem os candidatos da CDU, que relatam que os trabalhadores “afirmam que há mais de dois anos que não vêm o presidente da Câmara nem os vereadores responsáveis pelos Serviços Municipalizados”

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

“RBmoda”, nova loja de moda masculina na Rua das Montras

Abriu no passado sábado mais um espaço dedicado à moda masculina em Caldas da Rainha, a RBmoda, que pertence aogrupo Rebelequation Lda, que já detém a loja de marca portuguesa de moda feminina Ferrache. A nova loja de moda masculina situada em plena Rua das...

ferrache1

Vereadora almoça de surpresa na cantina da escola para avaliar refeição  

Várias manifestações de desagrado com as refeições escolares servidas aos alunos nas escolas do concelho das Caldas levaram a vereadora responsável pelo pelouro da educação, Conceição Henriques, a fazer uma visita surpresa a uma das cantinas com o intuito de avaliar o serviço. 

cantina escola