Q

Previsão do tempo

22° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 25° C
23° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 26° C
  • Saturday 25° C
24° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 27° C

População queixa-se de menor frequência de passagem de carteiros para entregar correspondência

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A população das Caldas da Rainha está a queixar-se de que os carteiros estão a passar menos vezes para deixar correspondência e quando o fazem deixam normalmente diversas cartas, o que leva à denúncia de que os CTT estão a poupar nas voltas, acumulando correspondência para depois entregar tudo junto e evitar tantas deslocações, o que acaba por causar transtornos a quem espera por contas com prazos por pagar ou de outra correspondência com alguma urgência expedida sem correio azul.
Armando Caetano considera que há uma grande demora na entrega/foto Carlos Barroso

Os CTT negam haver atrasos, mas há quem estranhe repetidas vezes passar mais de uma semana sem correspondência, e de repente, quando abre a caixa de correio, está cheia.

Armando Caetano, morador em Trabalhias, aldeia a cinco quilómetros da cidade, relatou que “as últimas cartas que recebi no dia 5 deste mês estavam datadas dos dias 13, 14 e 15 do mês passado, ou seja, demoraram cerca de 20 dias a chegar”. “Quando há correio é um amontoado de cartas. Geralmente estão a aparecer dez dias depois de serem expedidas. É um atraso grande. Muitas das cartas são para pagamento de faturas e tenho dificuldade em pagá-las porque já passou o prazo”.

Moradoras no Bairro Azul, Maria de Lurdes e Maria Fernanda apresentam queixas semelhantes. “Todas cartas chegam no mesmo dia. Quando chego à caixa de correio está cheia de correspondência. Ainda no outro dia me aconteceu em relação à água, veio no último dia de pagamento”, contou Maria de Lurdes.

“As cartas para proceder a pagamentos chega tudo em cima da hora e qualquer dia tenho os serviços cortados. Não estava habituada a isto”, lamentou Maria Fernanda.

Armando Caetano levantou ainda outra questão: “Na semana passada chegaram juntas a carta com o cartão de crédito e a carta com o pin. Se houvesse roubo das duas cartas qualquer pessoa podia fazer levantamento com o meu cartão de cartão. Por isso é que os bancos emitem uma carta três dias antes da outra, para maior segurança, só que assim os Correios não tomam atenção a esta segurança”.

Fonte oficial dos CTT, assegurou que “têm sido cumpridos os padrões de serviço contratualizados: até um dia útil para o correio azul, até três dias úteis para o correio normal e até cinco dias para o correio publicitário”, pelo que “se não houve distribuição diária em determinado domicílio foi por inexistência de correio ou por a correspondência existente para entrega estar dentro do padrão de entrega contratualizado”.

“O Centro de Distribuição Postal das Caldas da Rainha não tem, também, qualquer correio acumulado para entrega”, sustentou. Informou ainda que “em 2010 este centro de distribuição registou uma quebra de 22% no tráfego, pelo que em 2011 se introduziram alterações de metodologia nos giros dos carteiros, o que ocorreu na altura como previsto e cumprindo desde então todos os padrões de entrega”.

Francisco Gomes

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Esculturas feitas de plástico alertam para a poluição das praias e oceanos

A Nazaré é um dos locais que recebem as esculturas da artista Soraia Domingos, feitas com plástico e resíduos não passíveis de serem reciclados, recolhidos na costa portuguesa pela Marinha Portuguesa, ao abrigo do projeto TransforMAR, do Lidl. Todo o restante material plástico, passível de ser reciclado, será convertido em t-shirts.

plastico