Q

Previsão do tempo

22° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 25° C
  • Saturday 25° C
23° C
  • Thursday 25° C
  • Friday 26° C
  • Saturday 25° C
23° C
  • Thursday 28° C
  • Friday 28° C
  • Saturday 27° C

Centro Hospitalar confirma negociações com Inatel

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O presidente da Câmara das Caldas, Fernando Costa, foi para o aniversário da associação regional caldense, nos Estados Unidos e não respondeu às questões do JORNAL das CALDAS enviadas no dia 8 de abril, sobre a visita dos elementos do Inatel ao património hospitalar. Por seu turno, o conselho de administração do centro hospitalar do Oeste (CHO) respondeu às nossas questões, salientando que se está a tratar do futuro do património.

O administradro Carlos Sá explicou que tem tentado encontrar “uma solução que garanta o melhor futuro para o hospital termal, parque D. Carlos I, os pavilhões e mata da Rainha”.

No entender do conselho de administração, este património “tão importante para a cidade deverá ser gerido por quem tem as melhores condições para o fazer, permitindo ao CHO canalizar os recursos disponíveis para a sua atividade principal, a prestação de cuidados de saúde aos utentes”.

Desta forma, Carlos Sá tem procurado reunir com várias entidades que possam contribuir para a concretização da “melhor solução para a sustentabilidade do termalismo nas Caldas da Rainha”.

Assim, recentemente, aproveitando uma convergência de interesses entre a autarquia e o Inatel, o CHO “encontra-se a trabalhar numa proposta de solução” que se julga “ser adequada para a salvaguarda do termalismo, da sua incrementação a nível local e regional, e também da salvaguarda do património”. Carlos Sá não dá pormenores, até porque “podem surgir diversos desenvolvimentos”. De qualquer modo, garantiu que existe neste momento “uma perspetiva animadora de resolução de uma questão que a todos (CHO, autarquia e comunidade) preocupa e que há muitos anos aguarda por uma solução”.

Esperam-se por isso novidades para as próximas semanas, com a possibilidade de ser averbado o acordo antes do dia 15 de maio, mas com o ato simbólico a ter lugar nessa data.

Carlos Barroso

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Esculturas feitas de plástico alertam para a poluição das praias e oceanos

A Nazaré é um dos locais que recebem as esculturas da artista Soraia Domingos, feitas com plástico e resíduos não passíveis de serem reciclados, recolhidos na costa portuguesa pela Marinha Portuguesa, ao abrigo do projeto TransforMAR, do Lidl. Todo o restante material plástico, passível de ser reciclado, será convertido em t-shirts.

plastico