Q

Previsão do tempo

16° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 32° C
  • Wednesday 27° C
16° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 34° C
  • Wednesday 29° C
16° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 38° C
  • Wednesday 33° C

Câmaras do Oeste assinam protocolo para igualdade de oportunidades entre homens e mulheres

Carlos Barroso

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCim) celebrou com a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG) um protocolo para promover a igualdade de oportunidades nas doze câmaras que a integram, através, por exemplo, de planos concelhios específicos.
O presidente da Câmara das Caldas foi um dos autarcas que assinou o protocolo/foto Carlos Barroso

“É uma ocasião absolutamente singular, porque pela primeira vez houve uma assinatura conjunta, com tudo o que isso significa de potenciação de esforços e de desenvolvimento de atividades”, sublinhou a presidente da CIG, Fátima Duarte, durante a cerimónia de assinatura do protocolo, no dia 25 de outubro, nas Caldas da Rainha. O protocolo será para ser executado na OesteCim e nas doze câmaras que a integram (Alcobaça, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Bombarral, Cadaval, Caldas da Rainha, Lourinhã, Nazaré, Óbidos, Peniche, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras), e determina que todas as autarquias adotem um Plano Municipal para a Igualdade entre Mulheres e Homens e nomeiem um conselheiro ou conselheira local para a igualdade que assegure a concretização de todas as medidas desse plano. O acordo, assinado no âmbito do projeto “Oeste+Igualdade” – Plano Intermunicipal para a Igualdade, transforma a OesteCim na primeira comunidade intermunicipal a aderir e aumenta de 80 para 92 o número de protocolos assinados com câmaras do país. Segundo a responsável, os dados demonstram que o país “ainda não chegou ao nível desejável” em termos de igualdade de oportunidades para homens e mulheres, registando-se “desequilíbrios de poder” sobretudo ao nível dos cargos de decisão. Ainda assim, Fátima Duarte assinala “progressos” na diminuição das desigualdades, decorrente não apenas da legislação (como a lei da paridade, que define a percentagem de mulheres e integrar nas listas eleitorais), mas também de recomendações a aprovada a 8 de março (Dia da Mulher) pelo Conselho de Ministros para que as empresas, públicas ou privadas, adotem planos para a igualdade e respeitem a paridade nas nomeações para os conselhos de administração. Carlos Lourenço, presidente da OesteCim, cuja entidade já recebeu uma menção honrosa pela igualdade, considerou importante a assinatura do protocolo, apesar de se mostrar em desacordo que seja imposto a igualdade. “Fomos a única comunidade intermunicipal que trabalha em conjunto e por isso recebemos uma menção honrosa pelas nossas práticas. Eu sou contra cotas. Acho que é uma discriminação. Devemos ter igualdade, mas não devemos ter imposições, porque assim deixa de ser igualdade”, disse. Por outro lado, Carlos Lourenço considerou que as mulheres devem mostrar mais disponibilidade para entrarem na vida política e se poderem candidatar a mais cargos. Carlos Barroso

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Distribuição de kits de primeiros socorros reforça segurança

O município de Óbidos concretizou a aquisição de 50 kits de primeiros socorros como parte de uma estratégia para melhorar a segurança de utentes e profissionais em espaços municipais. Os equipamentos serão distribuídos por escolas, jardins de infância, atividades de tempos livres (ATL) e outros serviços, visando aumentar a capacidade de resposta a emergências.

kits

“Semana Sénior” com passeios

O Serviço de Ação Social do Município do Cadaval voltou a promover a “Semana Sénior”, que decorreu de 1 a 5 de julho e contou com mais de 250 participantes. Castelo de Vide, Coruche, Lisboa, Nisa e Porto de Mós foram as localidades visitadas nesta edição.

semana

Viola amarantina chega ao CCC

O músico e compositor natural de Vila Real, Rui Fernandes, continua a sua digressão pelo país a apresentar a sua mestria na viola amarantina, instrumento tradicional de cinco ordens de cordas duplas, originário da região de Amarante. No dia 26 de julho, às 21h30, atua em quarteto, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.

viola