Q

Previsão do tempo

21° C
  • Monday 29° C
  • Tuesday 31° C
  • Wednesday 26° C
22° C
  • Monday 30° C
  • Tuesday 33° C
  • Wednesday 27° C
22° C
  • Monday 35° C
  • Tuesday 37° C
  • Wednesday 31° C

Piscina dos Bombeiros fomenta salvamento aquático

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A piscina da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários das Caldas da Rainha está a implementar um programa pioneiro com o objetivo de fomentar e socializar o salvamento aquático. Neste projeto de desenvolvimento, a piscina dos bombeiros pretende que os seus utentes tenham contacto com os meios de salvamento e os utilizem, fazendo, deste modo, aumentar o conhecimento e o interesse por esta prática, enquanto os motiva para a obtenção de mais valências e competências-técnicas específicas nesta área, nomeadamente, através da realização do curso de nadador salvador. Esta aquisição de competências torna-se particularmente relevante pelo contexto de proximidade com várias praias da região, reforçando-se o facto de algumas serem praias sem vigilância ou parcialmente vigiadas.
Neste projeto, a piscina dos bombeiros pretende que os utentes tenham contacto com os meios de salvamento e os utilizem

A piscina dos bombeiros mostra-se, mais uma vez, inovadora e criativa no tipo de propostas que apresenta e coloca à disposição dos seus utilizadores, sem deixar de se enquadrar na própria perspetiva de missão e envolvência a que esta Associação Humanitária está vinculada, pretendendo destacar, igualmente, esta preocupação através das atividades que cria e desenvolve, contribuindo para a causa social e coletiva da sua cidade.

“A abordagem às técnicas e conceitos do Salvamento Aquático fomenta a formação técnica de forma a garantir uma experiência diferente de aprendizagem no meio aquático, desenvolvendo conhecimentos práticos para garantir uma maior segurança neste meio”, disse o diretor técnico da piscina e mentor do projeto, Rui Cunha.

“A aquisição destas componentes técnicas e práticas ajuda a compreender os diferentes espaços aquáticos, preparando os nossos utentes para uma abordagem diferente, mais rápida e fluente na perspetiva do risco, sendo sempre esse o objetivo para garantir uma maior segurança, quer individual quer coletiva (adaptando e integrando as diferentes fases de educação, nas diversas situações)”, referiu.

Este projeto teve a sua apresentação no XXXV Congresso da APTN-Associação Portuguesa de Técnicos de Natação, em paralelo com a estreia da primeira edição do Congresso de Atividades Subaquáticas, realizados nos dias 28 e 29 de abril, no Auditório Municipal Carlos Paredes e Piscinas Municipais, em Vila Nova de Paiva. Neles estiveram presentes cerca de 350 congressistas de todo o país, incluindo dos Açores e de Angola.

Segundo o vice-presidente da APTN, Hugo Louro, “este projeto foi uma mais-valia para o congresso, como se verificou pelo número de pessoas no auditório e pelo debate que se desenrolou após a sua apresentação. Os participantes reforçaram a necessidade da formação nesta área e foram de opinião que a criação destes projetos inovadores e a troca de experiências entre os dinamizadores do projeto são um caminho para os espaços aquáticos”. Paralelamente, foi, também, divulgado o projeto PSA-Praias Seguras de Angola, cujo responsável era também Rui Cunha.

Através da implementação deste programa pretende-se, ainda, desenvolver atitudes de responsabilização e intervenção pessoal e social numa postura predominantemente humanitária para ambos os intervenientes desta ação, ou seja, quem vai ajudar e quem precisa de ajuda.

De igual modo, a articulação do conhecimento adquirido com a prática na realização de exercícios em diferentes fases e situações, promove o desenvolvimento de competências para a resolução de situações, antevendo a sua possível evolução.

A piscina dos Bombeiros espera, assim, atrair um maior número de jovens e adultos, fomentando e socializando o salvamento aquático, contribuindo para o desenvolvimento desta prática e, desta forma, motivar os seus utentes, não só para se tornarem banhistas com senso de cidadania e responsabilidade, colaborando numa atuação preventiva que promova o bem-estar de todos, mas também para se formarem e se tornarem nos nadadores-salvadores do futuro, numa perspetiva de promoção da saúde e de espírito de colaboração.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Mural no Bairro da Ponte está a ser pintado por crianças

O muro da ponte sobre o caminho de ferro que une as duas freguesias da cidade das Caldas da Rainha, no Bairro da Ponte, está agora a ser utilizado como espaço criativo para as crianças pintarem, englobadas em atividades de ATL.

mural 1

Detido com faca após zaragata no Parque

Um indivíduo de 26 anos foi detido pela PSP das Caldas da Rainha no Parque D. Carlos I quando tinha abandonado uma faca de mato, com uma lâmina com comprimento superior ao legalmente permitido, após ter estado envolvido numa zaragata com outro homem.

parque1 1

Líder do PCP diz que a construção do novo hospital do Oeste é uma opção do Governo 

O secretário-geral do PCP, Paulo Raimundo, esteve na Festa de Verão do PCP, junto ao Penedo Furado, na Foz do Arelho, no passado dia 14, e disse que a construção do novo hospital do Oeste nesta legislatura é “uma questão de opção do Governo”. “Não me venham dizer que não há dinheiro, é mentira. São precisas opções”, afirmou.

PCP 1