Q

Previsão do tempo

12° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 10° C
12° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 10° C
13° C
  • Saturday 11° C
  • Sunday 9° C
  • Monday 10° C

“As vozes do dono”

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Realizou-se a Assembleia Municipal das Caldas da Rainha destinada a discutir e votar uma proposta do presidente da câmara, sobre a agregação de algumas freguesias. Dos assuntos discutidos, alguns foram delirantes e de ir às lágrimas, tantas asneiras foram ditas por alguns "ditos" deputados municipais. Foi dada a palavra ao proponente para defender a sua proposta, bem como para explicar as razões dessa mesma proposta. Falou o dito durante 37m, ao longo dos quais se limitou a atirar areia para os olhos das pessoas presentes, dizendo muitas e muitas vezes duas coisas distintas:

– Esta proposta foi apresentada por mim e depois ratificada pelos vereadores do PSD;

– Se esta proposta não for aceite, o concelho perderá 6 freguesias, escolhidas aleatoriamente pela Unidade Técnica, ao contrário das 4 que perderá se a mesma for votada favoravelmente.

Muitas intervenções, muitos comentários e acusações, muitas faltas de educação do presidente da câmara, muitos membros que apenas estiveram presentes para ganharem mais uns tostões sem fazerem nada, enfim “uma verdadeira palhaçada”.

Perguntar-me-ão o porquê destes termos.

Simplesmente porque vi elementos eleitos por nós fazerem o que o partido manda e nada fazerem para defender os interesses de quem os elegeu. Houve muito blá, blá, blá e conversa da treta, percebendo qualquer presente que a maioria tinha preparado antecipadamente esta reunião, tal era a unanimidade das intervenções.

Esgrimiram-se argumentos, uma vez que havia também uma proposta do PS que propunha manter as atuais 16 freguesias, muitos dos quais completamente desajustados da realidade e da vontade das populações das freguesias a extinguir. Devo referir que todas as Assembleias de Freguesia votaram contra a agregação. No entanto, com as exceções dos presidentes das Juntas de Nª Sra. do Pópulo, Coto, Salir do Porto, Alvorninha e Serra do Bouro, os seus presidentes votaram a favor da proposta de agregação, contrariando assim a vontade de quem democraticamente os elegeu.

Acabou por vencer a proposta do presidente da câmara, ou seja: Nª Sra. do Pópulo fica com o Coto e S. Gregório, Tornada com Salir do Porto e Santo Onofre com a Serra do Bouro.

Antes de terminar esta pequena crítica, não podia deixar de apontar duas situações completamente irrealistas:

Como havia 2 propostas, o presidente da mesa fez a votação em alternativa (votação em que, de acordo com a lei, os votantes devem votar numa ou noutra proposta), permitindo a abstenção, o que é completamente uma violação da lei vigente;

Ao longo de toda a sessão não houve um único instante de silêncio, o que é para mim uma demonstração de falta de respeito, não só para com os membros da mesa mas também para com o público presente.

Carlos Gaspar

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Bom senso? Sim, exigimos bom senso

Assim que a revolta dos professores atingiu o limite e explodiu com a proposta inacreditável do governo estender o compadrio e a cunha ao processo de contratação, primeiro-ministro e ministro da Educação deram publicamente o dito pelo não dito. António Costa chegou...

martins

Suspeitos de pesca ilegal fogem à GNR

O Subdestacamento de Controlo Costeiro da Nazaré da GNR apreendeu seis quilos de meixão naquele concelho, no passado dia 24, no âmbito de uma ação de fiscalização levada a cabo com o objetivo de combater a captura ilegal de enguia europeia, vulgarmente conhecida...

meixao 1

Infantis de Óbidos em bom plano

A equipa de infantis do clube Óbidos Criativa competiu, no passado dia 21 na XXX Taça Vale do Tejo, nas piscinas municipais de Alcobaça. Mara Cotrim, Leonor Martins, Leonor Silva, Justin Borges, Tiago Correia e Pedro Capinha foram os jovens que nadaram com as cores...

infantis 2