Q

Previsão do tempo

13° C
  • Wednesday 10° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
13° C
  • Wednesday 10° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
13° C
  • Wednesday 11° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C

Caldas Nice Jazz no CCC

Francisco Gomes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Tchekhov Trio atua no CCC das Caldas da Rainha no dia 31 de outubro, pelas 21h30, na iniciativa “Caldas Nice Jazz”.
Tchekhov Trio

Composto por três músicos que criaram e interpretaram ao vivo uma banda sonora para o 3º ato da peça de teatro “O Ginjal ou o Sonho das Cerejas” (encenação Mónica Calle / Casa Conveniente 2010), baseada na obra de Anton Tchekhov, o Tchekhov Trio, agora como projeto independente e com repertório alargado, salta do teatro para outros palcos, procurando manter e transmitir na música e apresentação o caráter festivo, numa constante interação com o público.

O trio é formado por João Madeira (contrabaixo e percussões), Gonçalo Lopes (clarinete) e Rini Luyks (acordeão).

No dia 1 de novembro, pelas 18h, é a vez de Tubab, mais um dos projetos musicais que Sérgio Carolino dirige, neste em parceria com Jorge Queijo, onde reina o improviso total e a espontaneidade.

Participarão três convidados especiais: Alexandre Frazão (bateria), Mário Marques (saxofones soprano e tenor e eletrónica) e Ruben da Luz (trombone e trombone elétrico).

Sérgio Carolino é um dos tubistas mais aclamados no panorama internacional, estando em constante atividade tanto como solista e professor nos mais diversos festivais de música, conservatórios e universidades um pouco por todo o mundo.

No dia 2 de novembro, às 21h30, toca Maurizio Minardi, pianista, acordeonista, saxofonista. Compositor e arranjador a residir em Londres desde 2008, terminou seus estudos de piano, órgão e composição no Conservatório “Martini”, Bolonha, Itália. Também formado em Musicologia pela Universidade Dams de Bolonha. Aperfeiçoou os seus estudos na área do Jazz em Workshops com Barry Harris, Enrico Rava, Paolo Fresu, Danilo Rea e com Simone Zanchini.

Maurizio fundou, compôs, produziu e fez os arranjos para o grupo Pop eletrónico “Oz” e para o grupo de Jazz-tango Quarteto Magritte, tendo gravado vários discos, com estas e outras formações.

Aclamado pela crítica em 2011 pela produção e realização do projeto Orquestral – eletrónico no disco “Works”, escreve regularmente canções para cantores populares italianos, nomeadamente para Gianni Morandi, Barbara Cola e Franz Campi, além de participar regularmente como compositor de canções para o grande festival musical de Sanremo.

Tem tocado em vários festivais.

O quinteto de Maria João Fura sobe a palco no dia 3, pelas 21h30, com canções originais em português que abordam o quotidiano atual com ironia, numa ambiência sonora que viaja entre a Bossa-Nova, o Blues e o Jazz, sempre num tom lusófono.

Com músicos provenientes de bandas já reconhecidas como pos Terrakota, Farra Fanfarra, os Cacique 97 e a Orquestra Arte & Manha, este concerto resulta numa mistura sonora bem temperada. O quinteto é constituído por Maria João Fura (voz e guitarra), Rui Magarreiro (teclas e vozes), Vinicius de Magalhães (trombone e vozes), Janeca (contrabaixo, baixo elétrico e vozes) e Nataniel Melo (percussão).

O Filipe Melo Trio anima o dia 4, às 18h00. Este trio surge da vontade de apresentar ao público um coletivo de músicos que falam a mesma linguagem, e que aqui encontram um espaço para experimentar e compor livremente.

Nesta formação, Filipe Melo conta com André Carvalho (contrabaixo) e João Rijo (bateria) – dois músicos com quem se apresentou regularmente em diversas formações. O pianista Filipe Melo nasceu em Lisboa e estudou no Hotclube de Portugal e no Berklee College of Music. Do seu percurso destaca-se, por exemplo, a colaboração com Peter Bernstein, Omer Avital, Donald Harrison Jr., Jesse Davis, Sheila Jordan, Paulinho Braga, Swingle Singers, Martin Taylor, Perico Sambeat, Herb Geller, Orquestra de Jazz do Hotclube, Orquestra Metropolitana, entre muitos outros.

Haverá ainda um concerto extra no Caldas Nice Jazz, com a Big Band da Nazaré & Best Friends, no dia 10 de novembro, pelas 21h30.

Depois de um percurso de 13 anos, esta formação vai enfrentar o grande desafio de gravar um CD ao vivo.

Será, por isso, um concerto muito especial, também porque contará com alguns convidados que de alguma forma já colaboraram com a formação.

Esta Big-Band fez concertos em Portugal, Espanha, Bélgica e Alemanha. O lançamento do primeiro CD decorreu na apresentação feita no 2º Festival Internacional de Big Band’s realizado em julho de 2003 na Nazaré.

O segundo CD, “Filme”, editado em 2006, e o terceiro “10 Anos”, editado em 2009, são a mostra da evolução musical desta formação, que apresenta no sax alto Joaquim Pequicho, Nuno Mendes e Ricardo Cipriano, no sax tenor João Capinha e Wilson Ferreira, no sax barítono Pedro Morais, no trompete Vítor Guerreiro, Margarida Louro, Luís Guerreiro e André Venâncio, nos trombones Rui Correia, Élio Fróis, Vasco Silva e Fábio Matias, na

guitarra Gonçalo Justino, no piano Ricardo Caldeira, no baixo Tiago Lopes, na bateria Bruno Monteiro e na voz Júlia Valentim, sob direção de Adelino Mota.

São convidados Rubén Santos, trombone; Alberto Valongo, guitarra; Joana Rios, voz; André Murraças, saxofone-tenor; Tó-Zé Morais, trompete e Gonçalo Leonardo, contrabaixo.

Os bilhetes para todos os espetáculos custam 7,5 euros.

Francisco Gomes

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Peão Cavalgante/Arneirense no Torneio de Xadrez Centenário

Realizou-se no Sport Operário Marinhense, na Marinha Grande, no passado dia 29, o Torneio de Xadrez Centenário, onde António Policarpo foi o único representante da Associação Peão Cavalgante/Arneirense, das Caldas da Rainha. Participaram 80 jogadores com o ritmo de...

xadrez

Festival das Sopas

O Sport Clube Escolar Bombarralense vai organizar na sua sede a sexta edição do Festival das Sopas, nos dias 11 de fevereiro, das 18h às 23h, e 12 de fevereiro, das 12h às 16h. Haverá variadas sopas para degustar. As crianças dos 5 aos 10 anos pagam quatro euros e...

Exposição sobre José Saramago no CCC

O STAL - Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, Empresas Públicas, Concessionárias e Afins associou-se ao centenário de nascimento do Prémio Nobel da Literatura José Saramago, através de uma exposição com a chancela da Fundação José...

saramago