Q

Previsão do tempo

15° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 22° C
15° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 22° C
15° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 24° C

Romenos suspeitos de furtos ficam em liberdade

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Ficaram em liberdade dois romenos, de 18 e 22 anos, suspeitos de furtos a residências e que estão supostamente relacionados com uma arma referenciada pelas autoridades alemãs em vários homicídios. Estes dois romenos foram apanhados pelos militares de investigação criminal da GNR das Caldas da Rainha, no dia 29 de dezembro, nas Cezaredas, na Lourinhã, […]
Romenos suspeitos de furtos ficam em liberdade

Ficaram em liberdade dois romenos, de 18 e 22 anos, suspeitos de furtos a residências e que estão supostamente relacionados com uma arma referenciada pelas autoridades alemãs em vários homicídios. Estes dois romenos foram apanhados pelos militares de investigação criminal da GNR das Caldas da Rainha, no dia 29 de dezembro, nas Cezaredas, na Lourinhã, depois de uma longa perseguição. Uns dias antes da detenção a patrulha da GNR de Óbidos viu escondidos, dissimulados em arbustos, artigos que haviam sido furtados da residência de uma inglesa. Por tal motivo foi montado um dispositivo de vigilância que logrou a apanhar em flagrante os dois romenos a carregar os artigos. Os meliantes, ao se aperceberem da presença da GNR, encetaram uma fuga que culminou na sua interceção. Os dois romenos recolheram aos calabouços do destacamento da GNR, onde estiveram quase 24 horas, e sem irem a juiz este decidiu que o processo deveria baixar a inquérito. Segundo conseguimos apurar, as autoridades pretendiam efetuar uma busca no local onde os dois romenos dizem residir, já que foram detidos à entrada de uma residência. Nesse esconderijo recai a suspeita de estarem artigos furtados noutras residências, mais cidadãos romenos e supostamente artigos usados para a criminalidade. Contudo, o juiz não terá aceite a argumentação policial e não autorizou a busca. O juiz também não terá aceite a argumentação das autoridades de que uma arma deixada no furto a interior de uma residência na Cumeira, nas Caldas da Rainha, dias antes, era de um dos dois romenos, depois das autoridades terem confirmado que a arma está referenciada pelo serviço de investigação europeu na prática de vários crimes de homicídio na Alemanha. Caiu por terra esta investigação uma vez que nos documentos apresentados por um deles, não coincide a data de nascimento. A arma usada no crime foi entregue à polícia científica para análises de balística e o carro usado pelos dois romenos para a fuga ficou apreendida no parque da GNR das Caldas. Os dois romenos e outros que supostamente residem na habitação que as autoridades queriam vasculhar estão em liberdade até que nova ordem saia do processo que baixou a inquérito. A GNR não quis fazer qualquer comentário sobre o caso, confirmando apenas que os dois meliantes foram detidos e que depois saíram em liberdade. Carlos Barroso

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Suspeitas de furtos detidas em centro comercial

Duas jovens de 19 e 20 anos, suspeitas de furtos de peças de vestuário e de cosmética nas Caldas da Rainha, Marinha Grande e Figueira da Foz, foram detidas quando tentavam fazer o mesmo no centro comercial Leiria Shopping, no passado dia 11.

leiria

João Almeida venceu 6ª etapa da Volta à Suíça

O ciclista caldense João Almeida venceu nesta sexta-feira a etapa número seis da Volta à Suíça, com quatro segundos de vantagem sobre o 2º classificado, o camisola amarela Adam Yates, britânico que é seu colega de equipa na UAE Team Emirates. A bonificação de dez segundos alcançada com a vitória faz com que Almeida esteja na geral em 2º lugar, a 27 segundos de Yates, que ganhou um bónus de seis segundos.

almeida 1