Q

Previsão do tempo

14° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 22° C
15° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 23° C
15° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 25° C

Novos corpos gerentes na associação humanitária dos Bombeiros de Peniche

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Tomaram posse os novos corpos gerentes da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Peniche, com José Augusto Rosa a seguir para o seu terceiro mandato, cheio de projetos e com solidez financeira. “Não queremos que seja apenas um mandato da continuidade porque isso demonstraria que não somos ambiciosos. Julgo que este mandato será da afirmação […]
Novos corpos gerentes na associação humanitária dos Bombeiros de Peniche

Tomaram posse os novos corpos gerentes da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Peniche, com José Augusto Rosa a seguir para o seu terceiro mandato, cheio de projetos e com solidez financeira. “Não queremos que seja apenas um mandato da continuidade porque isso demonstraria que não somos ambiciosos. Julgo que este mandato será da afirmação da nossa associação no exterior”, disse José Augusto. Segundo o presidente, os dois últimos mandatos “serviram para arrumar a casa e atualmente a associação pode solidificar a posição na organização dos bombeiros nacionais. Estamos equipados, temos pessoal com muita qualidade e podemos ambicionar outros voos”. “Estarmos mais presentes nas grandes decisões e nas grandes oportunidades. Queremos solidificar o socorro à população, com mais e melhor equipamento. Temos uma nova auto escada adquirida e desta forma poderemos solidificar o socorro em altura. Vamos terminar o projeto deste quartel com a construção de novo módulo. No nosso quartel havia um terceiro edifício que não foi feito porque não havia financiamento suficiente. Estamos a pensar em avançar seriamente com essa obra”, manifestou. A nível do parque de viaturas, o presidente afirmou que “o telhado precisa de ser alterado porque sofre de corrosão”. Do ponto de vista financeiro, a associação humanitária “neste momento está saudável. Vivemos com as dificuldades que os outros vivem. Temos os mesmos problemas dos outros, só que na nossa corporação começámos a preparamo-nos mais cedo. Tomámos medidas anteriormente, pelo que hoje, apesar de vermos com alguma preocupação, não fazemos da situação da crise um papão. A nossa associação tem uma situação financeira não preocupante”. O dirigente indicou que foi feito um estudo que levou à racionalização dos gastos e custos com a corporação. “A nível de custos e gastos com pessoal foram tomadas várias medidas nos dois últimos mandatos que levaram a que a despesa mensal baixasse muito. Só em despesa com pessoal baixámos quase sete mil euros por mês. Despedimos alguns elementos há cinco anos atrás. Não foi agora que tomámos as medidas por causa da crise. Quando chegámos, foi feito um estudo económico por uma técnica da Liga de Bombeiros e nós com as conclusões começámos a implementá-las. Esse é o nosso sucesso de hoje”, referiu. Fazem parte da assembleia geral Reinaldo Gomes como presidente, Jofre Pereira como vice presidente e Andreia Costa como secretária. No conselho fiscal, João Barradas ocupa o cargo de presidente, Júlio Coelho é secretário, Horácio Ferreira é relator, Zélia Brás está como primeira suplente, Ana Silva como segunda suplente e Aníbal Santos como terceiro suplente. A direção é liderada por José Augusto Rosa, que tem como vice-presidente Carlos Antunes, António Mamede como tesoureiro, Ana Cristina Antunes como secretária, Paulo Balau, Fernando Formigo e Nuno Garcia como vogais. Na direção, mas ocupando lugares de suplentes, estão António Barros, Magda Borges, Mário Abrantes, David Brás, José Joaquim Pedrosa, Alberto Cruz e Cláudio Dias. Carlos Barroso

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Ministra da Modernização veio acompanhar criação de região inteligente

A Comunidade Intermunicipal do Oeste recebeu na sua sede, nas Caldas da Rainha, no passado dia 20, a ministra da Juventude e Modernização, Margarida Balseiro Lopes. No centro das atenções esteve o Projeto Oeste Smart Region, num encontro que assinala mais um passo na jornada da região Oeste rumo à transição digital.

ministra

Licenciatura de biotecnologia em Peniche sem desemprego

O curso de licenciatura de biotecnologia, da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar de Peniche está entre os 45 cursos superiores em Portugal com uma taxa de desemprego de zero por cento, segundo dados divulgados pelo Portal InfoCursos, do Ministério da Educação, Ciência e Inovação (MECI), sendo a única formação em biotecnologia na lista.