Q

Previsão do tempo

13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C

Campeonato Nacional Juniores C – Série E

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Caldas: 0 Estoril: 1 Caldas Sport Clube: Miguel Santos, Pedro Martins, Pedro Dias, Filipe Bragança, Miguel Castro, André Luis, Gonçalo Gouveia, Tomás Jorge, Breno Capitão, Márcio Couto e Miguel Fernandes Suplentes: Leonardo Carvalho, André Quaresma, Pedro Costa, Francisco Henriques, Tiago Nobre, Kevin Boutet e João Silvério Para a 5ª jornada do Campeonato Nacional de Iniciados […]
Campeonato Nacional Juniores C – Série E

Caldas: 0 Estoril: 1 Caldas Sport Clube: Miguel Santos, Pedro Martins, Pedro Dias, Filipe Bragança, Miguel Castro, André Luis, Gonçalo Gouveia, Tomás Jorge, Breno Capitão, Márcio Couto e Miguel Fernandes Suplentes: Leonardo Carvalho, André Quaresma, Pedro Costa, Francisco Henriques, Tiago Nobre, Kevin Boutet e João Silvério Para a 5ª jornada do Campeonato Nacional de Iniciados Série E, o Caldas SC recebeu no Campo da Quinta da Boneca o Estoril Praia, equipa que ainda não tinha vencido até ao momento e que segundo as informações que se sabia era de facto uma equipa que praticava bom futebol mas que tinha pecado na finalização nos jogos anteriores. O jogo começou num ritmo muito rápido, com as duas equipas a equilibrarem-se em situações de golo, embora elas não tenham sido flagrantes. O Estoril chegava muitas vezes perto da área do Caldas, essencialmente através do seu avançado, que era muito rápido e dotado de boa técnica individual, e o Caldas tentava chegar à área adversária através de passes para os seus 3 avançados, estando nestes primeiros momentos mais em evidência Breno Capitão, que conseguia libertar-se do seu adversário directo e fazer cruzamentos perigosos para a área. Com o decorrer do tempo notava-se que a equipa adversária tinha como principal missão marcar o seu golo através de lances de bola parada, aproveitando a estatura alta dos seus atletas. O Caldas, por outro lado, tentava chegar com a bola à área adversária, progredindo com posse de bola pelos seus elementos do meio campo para depois rematar à entrada da área ou solicitar os seus avançados. Até ao final da primeira parte foi do Caldas a melhor oportunidade, num remate de recarga à entrada da área de Pedro Dias a fazer a bola bater no poste. Para a 2ª parte, para além das substituições, o Caldas alterou o seu sistema, passando a jogar com mais um homem no meio campo para que assim tivesse mais bola e anulasse o meio campo adversário. Com estas alterações o Caldas subiu o seu rendimento e passou a instalar-se no meio campo adversário, tendo logo nos primeiros minutos uma grande ocasião de golo por parte de Miguel Fernandes, que entra área, finta o guarda-redes mas não consegue fazer o golo. O Estoril desenvolvia sempre rápidos contra-ataques, principalmente através do seu avançado, mas Miguel Santos e a defesa caldense conseguiu sempre afastar o perigo. No entanto, aos 62’, quando o futebol praticado já era mais pobre e mais lento, e dava a sensação que as duas equipas estavam satisfeitas com o empate, surge o golo dos forasteiros: André Luis perde a posse de bola no meio campo defensivo, o centrocampista canarinho realiza um passe imediato na direcção do seu extremo esquerdo, o passe surpreende a defesa caldense, e este jogador à saída do guarda-redes caldense realiza um “chapéu” em que Miguel Santos ainda toca na bola mas ela entra na baliza. Fica a sensação que os atletas caldenses poderiam ter feito melhor neste lance. Até ao final, o Caldas, alterando o seu sistema para um 3:4:3, tentou chegar com a bola à baliza e mesmo perto do apito final ainda teve uma clara oportunidade de golo, desperdiçada mesmo em cima da linha de baliza. Foi uma derrota injusta para o Caldas SC mas que também vem mostrar que neste campeonato basta uma desatenção em todo o jogo para que o seu resultado seja comprometido. (Foto Carlos Barroso)

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Proteção Civil com simulacros durante uma semana

Ao longo de mais de uma semana, entre 4 e 14 de março, o Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) das Caldas da Rainha realiza o Caldex’24, um programa que inclui exposição de meios e simulacros de incêndios, resgate no mar, roubo de automóvel e acidente de viação.

protecao1

Suspeito de homicídio terá sido ajudado

Luís Lopes, o homem acusado pelo Ministério Público (MP) de homicídio qualificado e profanação de cadáver do seu companheiro, em abril do ano passado, em Adão Lobo, no concelho do Cadaval, não será o único arguido a sentar-se no banco dos réus, no início do julgamento, a 18 de março, às 14h00, no Tribunal de Loures, sede da Comarca de Lisboa Norte.

crime

Ciclista da Ribafria venceu a primeira etapa da Taça de Portugal de Masters

Um ciclista do CRP Ribafria | Grupo Parapedra – Dinazoo – Riomagic venceu a primeira etapa da Taça de Portugal de Masters em Taveiro – Coimbra, no dia 25 de fevereiro. É uma corrida em que os atletas competem pela liderança entre escalões, sendo esta prova composta por cinco etapas.

ciclista