Q

Previsão do tempo

15° C
  • Monday 18° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 22° C
15° C
  • Monday 18° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 23° C
15° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 25° C

Proibida apanha e venda de mexilhão

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A apanha e comercialização de mexilhão estão proibidas desde a passada segunda-feira, entre Peniche e Lisboa, por terem sido detectadas substâncias tóxicas naquele molusco. A interdição foi solicitada numa carta do Instituto Nacional de Recursos Biológicos enviada ao director-geral da Autoridade Marítima, em que são referidos “resultados positivos” de biotoxinas DSP em análises que são […]

A apanha e comercialização de mexilhão estão proibidas desde a passada segunda-feira, entre Peniche e Lisboa, por terem sido detectadas substâncias tóxicas naquele molusco. A interdição foi solicitada numa carta do Instituto Nacional de Recursos Biológicos enviada ao director-geral da Autoridade Marítima, em que são referidos “resultados positivos” de biotoxinas DSP em análises que são feitas regularmente aos bivalves apanhados para comercialização. As zonas onde é proibida a apanha de mexilhão situam-se todas a norte da foz de rio Tejo e incluem as faixas litorais entre Caminha e Matosinhos, Ria de Aveiro e litoral entre Peniche e Lisboa. O consumo de molucos contaminados com biotoxinas DSP causa diarreira, vómitos e dores intestinais e surge nas primeiras 24 horas após a ingestão, podendo-se prolongar por três dias, de acordo com o Instituto de Investigação das Pescas e do Mar (IPIMAR). A intoxicação nos bivalves é comum entre a Primavera e o Outono, mas costuma ocorrer com mais frequência nos meses de verão, ainda segundo aquele organismo público. A nota que decreta a interdição não indica até quando se manterá a proibição de apanhar e comercializar aquelas espécies.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Estudantes visitam Paul de Tornada

A Associação PATO recebeu duas turmas da Escola Secundária Raul Proença, que realizaram um conjunto de atividades de voluntariado, explorando a Reserva Natural do Paul de Tornada numa visita guiada, contribuíram para o nascimento de um jardim sensorial e efetuaram ainda uma monitorização ambiental na Lagoa de Óbidos com o Projeto Coastwatch, recolhendo muito lixo marinho.

pato

Jovens portugueses e finlandeses em intercâmbio

Entre os dias 1 e 8 de abril, a Associação Juvenil de Peniche foi palco de um intercâmbio sob a temática da arte e sustentabilidade. O evento recebeu a participação de doze jovens, de Portugal e Finlândia, com idades entre os 15 e os 25 anos.

intercambio

Curso Avançado de Produção de Microalgas e Cultivos Auxiliares

O MARE - Politécnico de Leiria e a Escola Superior de Turismo e Tecnologias do Mar, em Peniche, vão promover uma nova edição do Curso Avançado de Produção de Microalgas e Cultivos Auxiliares, que pretende dar a conhecer as espécies de microalgas cultivadas em laboratório, métodos de cultivo, potencialidades como recursos marinhos, sistemas de produção, e os cultivos auxiliares que beneficiam e cujo valor nutricional pode ser modelado através da alimentação com microalgas. As inscrições estão abertas até dia 27 de maio.