Q

Previsão do tempo

14° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
  • Sunday 15° C
14° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
  • Sunday 15° C
15° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
  • Sunday 16° C

Dragagens na Lagoa de Óbidos em Abril

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
As dragagens na Lagoa de Óbidos devem começar na terceira semana de Abril, informou Jorge Sobral, adjunto do Governador Civil de Leiria, que coordena a Comissão de Acompanhamento daquele ecossistema. “A empresa que ganhou o concurso resolveu colocar a draga porque não tinha outro local para a colocar. Neste momento estão a ser avisados os […]

As dragagens na Lagoa de Óbidos devem começar na terceira semana de Abril, informou Jorge Sobral, adjunto do Governador Civil de Leiria, que coordena a Comissão de Acompanhamento daquele ecossistema. “A empresa que ganhou o concurso resolveu colocar a draga porque não tinha outro local para a colocar. Neste momento estão a ser avisados os outros concorrentes e esperamos que não haja reclamações. Está a ser elaborado o contrato, aguarda-se o depósito da caução da empresa vencedora e depois envia-se tudo para o Tribunal de Contas para o visto. Se tudo correr bem em finais de Abril, mais concretamente na terceira semana, poderemos ter dragagens”, disse Jorge Sobral. O adjunto do Governador Civil esclarece que as dragagens irão incidir na fixação da aberta e reforço do cordão dunar na praia da Foz do Arelho, estendendo-se os trabalhos até a montante do cais. “Esta dragagem vai fixar a aberta e vai reforçar e aumentar a praia da Foz do Arelho com areia. A dragagem vai-se estender um pouco mais até abaixo do cais. Esta é a primeira dragagem, que vai ter de parar na época balnear, mas esperamos que em pouco mais de um mês e meio a dois meses de trabalho se reforce a praia da Foz do Arelho”, sublinhou. Jorge Sobral lembra que o avanço dos trabalhos está assim a cumprir aquilo que a Ministra do Ambiente, Dulce Pássaro, “prometeu”, embora recorde ainda que “havia o condicionamento de Teixeira dos Santos” quanto ao aval da obra. “A senhora Ministra do Ambiente está a cumprir o que se tinha proposto. Havia uma ressalva do INAG por causa do Ministério das Finanças, que tinha de dar o aval para o avanço da obra. Felizmente que o senhor Ministro das Finanças autorizou o avanço para a contratualização”, disse. O adjunto do Governador Civil de Leiria anunciou que assim que houver o visto do Tribunal de Contas convocará uma reunião da Comissão de Acompanhamento da Lagoa de Óbidos, onde estão representadas as autarquias e associações de pescadores e mariscadores da Lagoa, para que os técnicos do INAG expliquem que tipo de dragagem vai ser feita, uma vez que irão existir condicionamentos à navegação e à apanha de bivalves e peixe. O representante do Governo em Leiria irá ainda questionar sobre a segunda fase das dragagens da Lagoa, que serão realizadas na zona montante e que terão mais impactos no ecossistema. Jorge Sobral vai quer ainda saber se poderão as Câmaras ou Juntas de Freguesias fazer “a manutenção da ciclovia e pedovia em volta da Lagoa”, já que afirmou que actualmente “existe muito lixo e algumas canas que tapam a vista das centenas de pessoas” que usam aquele espaço. As autarquias das Caldas da Rainha e Óbidos, assim como as Juntas de Freguesia, não receberam qualquer informação sobre a colocação da draga, junto ao cais da Foz do Arelho, mas a montagem do equipamento foi autorizada pela Capitania do Porto de Peniche, esclarecendo-se assim o mistério da draga. Carlos Barroso

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Proteção Civil com simulacros durante uma semana

Ao longo de mais de uma semana, entre 4 e 14 de março, o Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) das Caldas da Rainha realiza o Caldex’24, um programa que inclui exposição de meios e simulacros de incêndios, resgate no mar, roubo de automóvel e acidente de viação.

protecao1

Suspeito de homicídio terá sido ajudado

Luís Lopes, o homem acusado pelo Ministério Público (MP) de homicídio qualificado e profanação de cadáver do seu companheiro, em abril do ano passado, em Adão Lobo, no concelho do Cadaval, não será o único arguido a sentar-se no banco dos réus, no início do julgamento, a 18 de março, às 14h00, no Tribunal de Loures, sede da Comarca de Lisboa Norte.

crime

Ciclista da Ribafria venceu a primeira etapa da Taça de Portugal de Masters

Um ciclista do CRP Ribafria | Grupo Parapedra – Dinazoo – Riomagic venceu a primeira etapa da Taça de Portugal de Masters em Taveiro – Coimbra, no dia 25 de fevereiro. É uma corrida em que os atletas competem pela liderança entre escalões, sendo esta prova composta por cinco etapas.

ciclista