Q

Previsão do tempo

15° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 22° C
15° C
  • Saturday 21° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 23° C
16° C
  • Saturday 23° C
  • Sunday 25° C
  • Monday 25° C

Faianças Rafael Bordalo Pinheiro combate a crise

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
As Faianças Rafael Bordalo Pinheiro estão a produzir cerca de seis mil peças por dia. Numa altura de crise económica, a unidade, que há cerca de dois anos estava quase a fechar portas, actualmente é um exemplo na forma de ultrapassar a crise, apostando na qualidade e estando na linha da frente dos novos desafios […]
Faianças Rafael Bordalo Pinheiro combate a crise

As Faianças Rafael Bordalo Pinheiro estão a produzir cerca de seis mil peças por dia. Numa altura de crise económica, a unidade, que há cerca de dois anos estava quase a fechar portas, actualmente é um exemplo na forma de ultrapassar a crise, apostando na qualidade e estando na linha da frente dos novos desafios da economia global. “A Bordalo Pinheiro está melhor. Houve algum aumento das encomendas, apesar de não ser o desejado, mas estamos no bom caminho”, disse Vítor Gonçalves, responsável pela unidade, que foi adquirida pelo Grupo Visabeira. O administrador, cauteloso nas palavras, confessou que o ano não está totalmente preenchido com encomendas, mas a procura externa tem vindo a potenciar a empresa, que agora aposta em novas linhas. “Estamos a manter o barco em cima da linha de água. Temos um grande aumento das exportações, sobretudo na Alemanha e Estados Unidos. No mercado nacional vendemos cerca de 30 a 40 por cento do produto. O restante é mercado externo”, disse. Segundo Vítor Gonçalves, no mercado nacional “houve uma grande campanha publicitária e as pessoas procuram um pouco de tudo. Estamos neste momento a desenvolver novos produtos porque a Bordalo Pinheiro não criava”. Porém, o mercado externo é o que potencia a fábrica, com Alemanha e Estados Unidos na linha da frente, apesar de ter clientes em França, Itália, Espanha, Austrália e Rússia. Esta procura é fruto de uma aposta na qualidade e da gestão dos recursos disponíveis no Grupo Visabeira. “Um dos problemas que a Bordalo Pinheiro tinha era a falta de qualidade. Com a participação de outras empresas do Grupo Visabeira, tipo Vista Alegre, trocámos impressões e tentámos colmatar as falhas. Neste momento melhorámos imenso”, referiu. “Pelas novidades, pelo tempo de resposta, pela qualidade, pela organização e por ser melhor, o produto Bordalo Pinheiro é mais vendido. As peças Bordalo Pinheiro são agora mais fáceis de vender, porque estão a começar a ficar na moda outra vez”, disse. Com 163 trabalhadores, os responsáveis da Bordalo Pinheiro não pretendem contratar para já mais mão-de-obra. Porém, estão à procura de mais encomendas e novos mercados para potenciar ainda mais a unidade. Uma das principais apostas é a Feira de Frankfurt, que decorre este mês na Alemanha e onde se espera traga mais trabalho para a fábrica das Caldas, com apresentação de novas linhas. “Vamos apresentar, em stand próprio, seis novidades. São linhas de loiça completamente novas. Há muitos anos que a Bordalo Pinheiro não fazia isso. São peças esteticamente novas e vamos mantendo a produção Bordalo Pinheiro. É um produto apelativo. A linha chama-se náutica e é completamente diferente, moderna e de boa qualidade”, disse. “Não vamos levar peças gigantes, mas antes alguns vasos e peças pequenas, andorinhas e sapos, linhas contemporâneas. Vamos tentar mudar a mentalidade, porque todos relacionam o Bordalo Pinheiro às couves. Vamos mostrar linhas novas, porque Bordalo Pinheiro inovava”, declarou. Além destas peças, foi anunciado que estão a ser recuperados alguns desenhos de Bordalo Pinheiro. Carlos Barroso

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Ministra da Modernização veio acompanhar criação de região inteligente

A Comunidade Intermunicipal do Oeste recebeu na sua sede, nas Caldas da Rainha, no passado dia 20, a ministra da Juventude e Modernização, Margarida Balseiro Lopes. No centro das atenções esteve o Projeto Oeste Smart Region, num encontro que assinala mais um passo na jornada da região Oeste rumo à transição digital.

ministra

Estrangeiro com mandado de extradição detido nas Caldas

Um estrangeiro de 35 anos sobre quem pendia um pedido de extradição de Portugal por um estado membro da União Europeia foi detetado nas Caldas da Rainha no passado dia 19 após ter sido interveniente num acidente de viação, onde acusou álcool no sangue.

policia