Q

Previsão do tempo

9° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 13° C
9° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 13° C
8° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 13° C

TSD explicam para que servem as comissões de trabalhadores

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
“É direito dos trabalhadores criarem comissões para defesa dos seus interesses e intervenção democrática na vida da empresa, visando o reforço da unidade das classes trabalhadoras e a sua mobilização”. Palavras de Antonino Simões, do Secretariado Nacional dos Trabalhadores Social-Democratas (TSD), que foi o orador num colóquio que decorreu no passado dia 29 na sede […]
TSD explicam para que servem as comissões de trabalhadores

“É direito dos trabalhadores criarem comissões para defesa dos seus interesses e intervenção democrática na vida da empresa, visando o reforço da unidade das classes trabalhadoras e a sua mobilização”. Palavras de Antonino Simões, do Secretariado Nacional dos Trabalhadores Social-Democratas (TSD), que foi o orador num colóquio que decorreu no passado dia 29 na sede do PSD das Caldas subordinado ao tema  “O que são e para que servem as Comissões de Trabalhadores”. Segundo Antonino Simões, os trabalhadores organizam-se de duas formas: sindical e comissões de trabalhadores. “A área sindical é aquela que tenta negociar a contratação colectiva, criar condições mínimas para o sector de actividade, como por exemplo para os professores, independentemente de estarem na escola A, B ou C. As comissões de trabalhadores actuam individualmente nas empresas. Tratam dos problemas específicos nas empresas onde os próprios trabalhadores se organizam”, apontou este responsável. Este dirigente referiu ainda que “os TSD são uma força laboral reivindicativa, moderna, aberta ao futuro e à mudança e têm como objectivo representar os trabalhadores na área social-democrata do país”. “Estão associados às mais importantes transformações das condições de vida dos trabalhadores portugueses e elegem o desenvolvimento económico, social e cultural como a chave para os portugueses melhorarem as suas condições de vida e encararem o futuro com esperança”, adiantou. Os TSD estão a divulgar toda esta área ligada às comissões de trabalhadores. “Apostamos na construção de uma sociedade tolerante, reformista, dinâmica e solidária, pela dignidade do trabalho e da pessoa humana, pela justiça social e pela solidariedade”, sublinhou Antonino Simões. “Para melhor representar os trabalhadores temos que garantir que eles tenham um posto de trabalho”, disse, acrescentando que “o factor do desemprego é aquele que mais nos preocupa até porque ultrapassa os 630 mil desempregados, afectando centenas de milhares de famílias, aliado aos problemas da falência de muitas empresas, com tendência para agravar este flagelo”. Este colóquio foi organizado pelo Secretariado Distrital dos TSD Leiria.  O objectivo é dar a conhecer aos trabalhadores das Caldas o que é a área sindical dentro de uma empresa porque “actualmente os trabalhadores estão muito desprotegidos”, declarou o presidente do Secretariado do Distrito de Leiria, Manuel Capinha, que considera que é fundamental que os trabalhadores saibam os “seus direitos e também os seus deveres”. Este dirigente revelou que o Secretariado Distrital está a efectuar visitas às principais empresas do distrito de Leiria. O projecto, intitulado “Roteiro para a Qualidade Empresarial”, pretende verificar os maiores problemas e dificuldades da acção das empresas no mercado onde se inserem, bem como verificar as boas práticas, boas experiências, boas iniciativas e as capacidades de desenvolvimento para a inovação e adaptação dessas mesmas empresas ao actual e difícil panorama económico-social. O XII Congresso Nacional dos TSD realizar-se-á, nos dias 26 e 27 de Fevereiro, na cidade do Peso da Régua, distrito de Vila Real. Marlene Sousa

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

PSP combate criminalidade em bares e ruas no centro das Caldas

Uma operação desenvolvida pela PSP das Caldas da Rainha na noite da passada sexta-feira e madrugada de sábado, tendo como alvo bares no centro da cidade e ruas nas proximidades, com o objetivo de “prevenir a criminalidade violenta e grave ou organizada e aumentar o sentimento de segurança na população”, originou a detenção de quatro homens, com idades entre 21 e 28 anos, pelos crimes de tráfico de droga, posse de arma proibida e condução em estado de embriaguez.

psp1

Lions formaliza entrega de verba de espetáculo solidário

O Lions Clube das Caldas da Rainha fez no passado dia 30 uma entrega formal ao Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) da verba apurada no concerto solidário com o maestro e pianista António Victorino d’Almeida e trio de Pedro Caldeira Cabral....

lions

Desfile equestre apresentou reis do carnaval das Caldas

Luís Ventura, de 47 anos, e Mariana Mortágua, de 22 anos, foram escolhidos para serem os reis do carnaval das Caldas da Rainha, encarnando as personagens Zé Povinho e Maria da Paciência, respetivamente, criações de Rafael Bordalo Pinheiro como caricaturas do povo português.

reis00