Q

Previsão do tempo

12° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 14° C
12° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 14° C
12° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 8° C
  • Thursday 14° C

“Cidadania participativa” deu votos a Fernando Nobre

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Acho engraçado esta senhora falar tanto mal dos políticos quando no fundo o que ela quer é o poleiro que o candidato Coelho falava… Paula C. Paula C. deve ter um problema grave de literacia. Onde é que a Teresa Serrenho diz mal dos políticos?É muito desagradável quando as pessoas falam do que não sabem. […]

Acho engraçado esta senhora falar tanto mal dos políticos quando no fundo o que ela quer é o poleiro que o candidato Coelho falava… Paula C. Paula C. deve ter um problema grave de literacia. Onde é que a Teresa Serrenho diz mal dos políticos?É muito desagradável quando as pessoas falam do que não sabem. A sua mente não vê mais além do “poleiro”?? Tenha cuidado com isso… é demasiado limitativo! Ana Caldeira Dois dias em protesto contra cortes do Estado Eu o que vejo, e se nota desde que Sócrates foi para primeiro ministro é uma perseguição aos professores.Sócrates é o coveiro da educação, este homem que tirou um curso via fax nem devia ser primeiro ministro e agora quer cortar na qualidade do ensino..as crianças e jovens merecem ensino de qualidade . Adriano Alves Mas que grande confusão vai na cabeça desta gente! Compreende-se a preocupação dos encarregados de educação, uma vez que é péssimo mudar os alunos de estabelecimento de ensino a meio do ano lectivo. No entanto, muita coisa fundamental não é dita nas reuniões com os mesmos. Por exemplo, qual a verdadeira razão pela qual 90 000 euros/turma por ano (um total de 3 600 000 euros se contabilizarmos as 40 turmas que frequentam o colégio) não chega para manter o colégio em funcionamento? Os professores são assim tão bem pagos? Claro que não! Apesar da sua dedicação, os docentes vivem num clima de permanente terror pois aceitam tudo o que lhes é imposto pelas chefias do grupo que detêm os colégios. Não podem vir agora negar isso… porque se o fizerem estão, pura e simplesmente, a mentir. Os professores que foram despedidos tinham contrato “à experiência”. O que é isso a não ser um contrato precário? Como podem os responsáveis do grupo clamar a excelência dos seus serviços quando oferecem esse tipo de contratos? Quantos docentes já passaram pelos colégios? Quantos desistiram por não aguentarem o trabalho fora de horas, as convocatórias para se deslocarem a convívios/festas/eventos do grupo aos sábados e domingos (os que se recusaram são logo “encaminhados” para a rua…)? Mais as cartas de despedimento assinadas (e não datadas) no momento da celebração de contrato, mais a troca incessante de docentes entre colégios para assim não serem vinculados. Muitos docentes passaram por esta situação… e esses muitos têm família. E essas famílias não suportam tanta hipocrisia nesta história! Lemos o último parágrafo e não acreditamos… Tudo é dito fora de contexto e, ao mesmo tempo, esconde-se a verdadeira razão desta história: o lucro. O lucro excessivo que passa da carteira do cidadão comum (através dos seus impostos) para o bolso dos donos dos colégios. Mas não há nenhuma alma que faça a questão pertinente: o dinheiro não chega, Porquê? Quanto ganha a directora e os seus adjuntos? Quanto é preciso ser encaminhado para as outras empresas do grupo? Quanto é subtraído ao erário público? Abram os olhos e não se deixem manipular! A educação é pública mas não pode andar a alimentar interesses perversos de quem já se encheu… e muito à conta de tanta mentira! E nem sequer aqui se aborda a questão da forma como estes colégios apareceram… porque isso não interessa a muito boa gente! Caldense Gostaria de saber de quem são os terrenos onde foram construídos os 2 colégios existentes neste concelho. Se, são Camarários de que forma foram cedidos?? Se, não o são, a quem pertencem? Fazendo fé nas noticias, hoje em Mafra, foram despedidos professores pertencentes ao Grupo Empresarial a que pertencem os 2 Colégios, sitos neste Concelho. Onde está a preocupação dos responsáveis. Quem, irá agora, substituir estes professores? Preparem-se porque quase de certeza, o mesmo irá suceder, aqui nas Caldas da Rainha. Veremos, se tenho ou F. Nunes Concluída a pavimentação da EN361 em Vale Côvo De facto a estrada está muito boa,os passeios são um bálsamo, finalmente vê-se pessoas a pé a andar tranquilamente, é pena a civilização dos peões enquanto automobilistas, raramente respeitam o sinal vermelho. Quanto aos acabamentos,uns são filhos de Deus outros do Diabo! As entradas de acesso a algumas habitações, etc. não foram feitas ou seja estão a ser feitas pelos proprietários, Quem as pode pagar, os arremates das paredes junto aos passeios e degraus também não foram feitos, a menos que ainda não esteja tudo pronto, e os acessos às transversais em alguns sítios ter lâncil e a falta de acessibilidade a Deficientes Motor, quando os locais estão feitos desmancham-se, quando se faz de novo, não se lembram dos Deficientes, ou será que à uma explicação para estes ( erros ) ou não são erros ? Obrigada. Odilia Cortes dos apoios do Estado não impedem funcionamento do Colégio Rainha D. Leonor Vamos às verdades:– O Colégio marca falta aos nossos filhos se faltarem às manifestações na porta do colégio! – Querem t-shirt S.O.S. com a pomba? Pois bem, teremos que pagar 3 euros e meio! – Cortaram no ordenado dos professores? Sim, isso fizeram! E Então a Directora? Sabem quantas vezes mais ganha comparando com os Presidentes das Escolas Públicas das Caldas? Seria interessante investigar … Ana

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Associação Desportiva de Óbidos perde no campeonato de voleibol

A equipa de voleibol do escalão de veteranos masculinos da Associação Desportiva de Óbidos recebeu no passado dia o Sport Operário Marinhense, no Pavilhão Municipal de Óbidos, respeitante à 6ª. jornada do 7º. campeonato de voleibol de veteranos masculinos-distrito...

veteranos

Clube de Ténis das Caldas da Rainho campeão regional de Interclubes

Terminou no passado fim de semana o campeonato regional de interclubes nos escalões de sub16 femininos, seniores femininos e veteranos +55 masculinos. A equipa sub16 feminina do Clube de Ténis das Caldas da Rainha, composta pelas atletas Bárbara Brito, Carlota...

tenis

Praça e estátua para surfista falecido

O surfista brasileiro Márcio Freire, que faleceu nas ondas da Praia do Norte, na Nazaré, poderá vir a ter o seu nome associado a uma praça a construir em Salvador, na Baía, onde nasceu, para além de uma estátua em sua homenagem, segundo uma proposta feita pelo vereador Paulo Magalhães Jr na Câmara Municipal de Salvador.