Q

Previsão do tempo

7° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 11° C
7° C
  • Monday 12° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 11° C
7° C
  • Monday 13° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 11° C

Deputados fazem viagem de duas horas e meia entre Lisboa e Caldas da Rainha

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A modernização da Linha do Oeste deve passar a ser uma prioridade política, defendeu o líder do Grupo Parlamentar do PSD, Miguel Macedo, depois de uma viagem de duas horas e meia entre Lisboa e Caldas da Rainha. “Duas horas e meia para fazer uma viagem destas é demais. É preciso há muito tempo fazer […]
Deputados fazem viagem de duas horas e meia entre Lisboa e Caldas da Rainha

A modernização da Linha do Oeste deve passar a ser uma prioridade política, defendeu o líder do Grupo Parlamentar do PSD, Miguel Macedo, depois de uma viagem de duas horas e meia entre Lisboa e Caldas da Rainha. “Duas horas e meia para fazer uma viagem destas é demais. É preciso há muito tempo fazer a modernização desta Linha. Tivemos de fazer duas mudanças de comboio. Não é uma situação que corresponde à alternativa ao transporte rodoviário”, disse à chegada às Caldas da Rainha Miguel Macedo. “Este adiamento sucessivo da Linha do Oeste está por explicar, sobretudo quando o Governo quer fazer obras como as do TGV e permanecem estas situações para trás. Estamos num país a duas velocidades”, reforçou. Sobre a recente petição sobre a Linha do Oeste e na qual o PSD não aprovou, Miguel Macedo explicou que houve uma disciplina de voto devido ao acordo de viabilização do Orçamento de Estado. “Essa matéria esteve em cima da mesa quando foi o orçamento. A Refer tem esta situação equacionada num programa para 2015 e as verbas envolvidas eram simbólicas. Nós tínhamos um acordo geral por causa do orçamento e o princípio que adoptámos a este projecto foi igual a outros projectos. O nosso voto não tinha a ver com as propostas mas com um acordo político para a viabilização do orçamento”, explicou. Agora Miguel Macedo quer “chamar a atenção” para a Linha do Oeste que lhe parece importante e que “tem de passar para a prioridade da agenda política”. O líder parlamentar do PSD esteve acompanhado por uma comitiva de outros deputados eleitos por Leiria e Lisboa, que apanharam o comboio na Estação do Rossio, até chegarem às Caldas da Rainha, num percurso que durou duas horas e meia, parando em todas as estações e apeadeiros. Na viagem participaram também Duarte Pacheco, Teresa Morais, Pedro Lynce, António Leitão Amaro, que foram recebidos pela deputada Maria da Conceição Pereira (Caldas da Rainha) e Paulo Batista (Batalha) e o autarca das Caldas da Rainha, Fernando Costa. Debate de urgência para exigir respostas do Governo O PSD propôs na terça-feira na Assembleia da República (AR) a realização de um debate de urgência para exigir do Governo respostas concretas sobre a execução do Plano de Acção assinado há dois anos com autarcas do Oeste. “Nos poderes de fiscalização da Assembleia da República, queremos saber o que foi executado e o que está feito, e onde estão a sentir mais dificuldade. Se há ou não alguma razão para alguma reponderação tendo em conta a situação em que o país está. Queremos respostas concretas sobre este plano”, disse Miguel Macedo, líder do Grupo Parlamentar do PSD, no final de uma reunião com autarcas do Oeste realizada na segunda-feira. As declarações foram feitas à saída de uma reunião em que uma comitiva de deputados da Assembleia da república do PSD reuniu com os autarcas do Oeste sobre o andamento do plano de acção assinado em 2008 entre o Governo e os municípios do Oeste (12) e Lezíria do Tejo (4), a realizar entre 2008 e 2017. A elaboração do plano de acção para o Oeste surgiu após a decisão do Governo de alterar a localização do novo aeroporto de Lisboa na Ota (Alenquer) para a zona do Campo de Tiro de Alcochete e previa um investimento de dois mil milhões de euros em 59 projectos de iniciativa do Governo e 61 da iniciativa dos municípios. O pedido de agendamento do debate deixou satisfeito o presidente da Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCIM), Carlos Lourenço (PSD), que espera que a chamada de atenção do PSD contribua para “se começar a trabalhar, a projetar em termos de futuro e a haver diálogo para avançar com o que tem que ser feito porque está comprometido”. Carlos Lourenço disse que a taxa de execução do plano de compensação pela construção do novo aeroporto de Lisboa em Alcochete e não na Ota está nos 0,5 por cento, e admite a hipótese de as autarquias avançarem com uma acção contra o Estado pelo indeferimento de uma candidatura ao QREN, no âmbito do programa Potencial Humano. Também o presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, Carlos Miguel (PS), declarou que o Plano do Oeste não está a andar como gostaria. “Percebemos que há uma falta de liderança por parte do Governo em relação ao Plano do Oeste porque há muita coisa que poderia estar a andar”, disse o também presidente da comissão de acompanhamento da execução do Plano do Oeste. Os autarcas reclamam um andamento mais célere para projectos como a modernização da Linha do Oeste, construção do IC11 (entre Carregado e Peniche), e definição dos Centros Hospitalares Oeste Norte e Sul, entre outros projetos. “Estamos a falar de projectos que não estão nas nossas mãos. Falamos de ferrovia, hospitais e rodovia. Estamos a falar das grandes coisas e não das pequenas coisas. Temos mais de dois anos de execução do Plano do Oeste e neste momento nem estamos em condições de reprogramar nada porque não temos projectos”, lamentou Carlos Miguel.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

PSP combate criminalidade em bares e ruas no centro das Caldas

Uma operação desenvolvida pela PSP das Caldas da Rainha na noite da passada sexta-feira e madrugada de sábado, tendo como alvo bares no centro da cidade e ruas nas proximidades, com o objetivo de “prevenir a criminalidade violenta e grave ou organizada e aumentar o sentimento de segurança na população”, originou a detenção de quatro homens, com idades entre 21 e 28 anos, pelos crimes de tráfico de droga, posse de arma proibida e condução em estado de embriaguez.

psp1

Lions formaliza entrega de verba de espetáculo solidário

O Lions Clube das Caldas da Rainha fez no passado dia 30 uma entrega formal ao Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste (CHO) da verba apurada no concerto solidário com o maestro e pianista António Victorino d’Almeida e trio de Pedro Caldeira Cabral....

lions

Desfile equestre apresentou reis do carnaval das Caldas

Luís Ventura, de 47 anos, e Mariana Mortágua, de 22 anos, foram escolhidos para serem os reis do carnaval das Caldas da Rainha, encarnando as personagens Zé Povinho e Maria da Paciência, respetivamente, criações de Rafael Bordalo Pinheiro como caricaturas do povo português.

reis00