Q

Previsão do tempo

7° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
7° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 13° C
7° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 13° C

Mostra de Joalharia em Óbidos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Centro de Design de Interiores (CDI), em Óbidos, promove, de 12 de Novembro a 16 de Janeiro do próximo ano, uma mostra de Jóias de Olga Magalhães. Trata-se de uma exposição que pretende recordar Maria José Salavisa (M.J.S.) e o território de Óbidos. As “Memórias” criadas a partir da obra de M.J.S. e da […]
Mostra de Joalharia em Óbidos

O Centro de Design de Interiores (CDI), em Óbidos, promove, de 12 de Novembro a 16 de Janeiro do próximo ano, uma mostra de Jóias de Olga Magalhães. Trata-se de uma exposição que pretende recordar Maria José Salavisa (M.J.S.) e o território de Óbidos. As “Memórias” criadas a partir da obra de M.J.S. e da sua amiga Isabel Silveira Godinho, Directora do Palácio Nacional da Ajuda, Lisboa, tornaram possível este encontro com as jóias de Olga Magalhães. Esta obra no feminino, subtil e delicada reporta ao entusiasmo, força, gestos cenografados com que M.J.S. viveu a vida. A força da cor, a marcação dos tempos e do espaço e dos estados de espírito decorrentes desses, materializam-se nas peças que será possível apreciar nesta mostra. A exposição inaugura dia 12 de Novembro, às 18 horas. Olga Magalhães criou dois alfinetes em prata com o “M” e o “J”, que ficaram de tal maneira “provocadores”, que o Instituto Português do Património Arquitectónico decidiu solicitar a colaboração da artista para a criação de peças para a loja no Palácio Nacional da Ajuda. A peça de joalharia desenhada pela artista, a pedido de Isabel Godinho, para uma evocação de M.J.S. organizada pela Fundação da ESAD Ricardo Espírito Santo, levou ao convite para fazer uma recordação de M.J.S. em Óbidos, quando passam 5 anos após a morte desta. A arquitecta e decoradora Maria José Salavisa adoptou Óbidos como sua terra de eleição, dedicando-lhe nos últimos anos de vida grande parte do seu tempo, de forma desinteressada e com um entusiasmo raro de encontrar. Gostava de Óbidos como se fosse a sua terra natal. Espalhava o nome desta terra e Concelho em todos os lugares por onde passava, exaltando as suas características patrimoniais e conquistando novos apaixonados pelos seus projectos de desenvolvimento da arte do design de interiores.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Peão Cavalgante/Arneirense no Torneio de Xadrez Centenário

Realizou-se no Sport Operário Marinhense, na Marinha Grande, no passado dia 29, o Torneio de Xadrez Centenário, onde António Policarpo foi o único representante da Associação Peão Cavalgante/Arneirense, das Caldas da Rainha. Participaram 80 jogadores com o ritmo de...

xadrez

Festival das Sopas

O Sport Clube Escolar Bombarralense vai organizar na sua sede a sexta edição do Festival das Sopas, nos dias 11 de fevereiro, das 18h às 23h, e 12 de fevereiro, das 12h às 16h. Haverá variadas sopas para degustar. As crianças dos 5 aos 10 anos pagam quatro euros e...

Exposição sobre José Saramago no CCC

O STAL - Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, Empresas Públicas, Concessionárias e Afins associou-se ao centenário de nascimento do Prémio Nobel da Literatura José Saramago, através de uma exposição com a chancela da Fundação José...

saramago