Q

Previsão do tempo

13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C
13° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 14° C
  • Saturday 13° C

José James trouxe ambiente nova-iorquino para o CCC

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Foram superadas as expectativas para o concerto de José James no CCC das Caldas da Rainha, a 25 de Fevereiro, com o cantor a despedir-se desta digressão por Portugal da melhor maneira. Para os mais puristas do jazz, José James poderá arriscar-se demasiado por outros campos musicais, mas a verdade é que o seu estilo […]
José James trouxe ambiente nova-iorquino para o CCC

Foram superadas as expectativas para o concerto de José James no CCC das Caldas da Rainha, a 25 de Fevereiro, com o cantor a despedir-se desta digressão por Portugal da melhor maneira. Para os mais puristas do jazz, José James poderá arriscar-se demasiado por outros campos musicais, mas a verdade é que o seu estilo único, que cativa qualquer um. Foram os mais novos, e principalmente as mulheres, quem pareceu reagir melhor a um estilo com uma grande influência do Hip-Hop, mas também com muita inspiração de músicos como Miles Davis ou Jimi Hendrix. “Qualquer pessoa que tenha a minha idade, ou menos, cresceu a ouvir Hip-Hop e por isso é uma cultura familiar. Tem muito a ver com a forma como levamos a nossa vida e nos expressamos”, explicou. Nascido no Panamá, mas radicado nos Estados Unidos desde 1975, José James criou um novo estilo na música contemporânea ao combinar blues urbano, hip hop, soul, drum n bass para produzir um som fresco e inovador, mas totalmente enraizado nas tradições do jazz. José James detém uma voz misteriosa, emotiva, apaixonante e versátil, que faz, por vezes, lembrar Chet Baker, e por vezes a sua voz parece também entoar tonalidades de John Coltrane, mas sempre como sendo ele mesmo. Com uma carreira internacional de sucesso, José James gosta de vir actuar em Portugal onde é sempre muito bem recebido. “É sempre um prazer vir aqui. O público é muito caloroso e o país é muito bonito. É sem dúvida um bom país para tocar jazz: há sempre bons pianos e os portugueses compreendem ritmos complicados e melodia”, disse. A digressão do seu novo disco lançado no início de Fevereiro, “Blackmagic”, trouxe-o de novo a Portugal e a recepção foi muito boa. “Standing ovations every night” (audiências a aplaudir em pé todas as noites), contou. José James gostou muito de conhecer espaços como o CCC das Caldas da Rainha fora dos grandes centros urbanos. A grande vantagem de actuar em Lisboa é que já existe um público que o conhece e reage aos temas mais conhecidos. O cantor teve oportunidade de conhecer a cidade, por onde gostou de passear. À noite, jantou no restaurante Pachá. Como tem vindo a ser habitual com todos os artistas que passam pelo CCC, José James elogiou este espaço e a qualidade do piano utilizado no concerto.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Proteção Civil com simulacros durante uma semana

Ao longo de mais de uma semana, entre 4 e 14 de março, o Serviço Municipal de Proteção Civil (SMPC) das Caldas da Rainha realiza o Caldex’24, um programa que inclui exposição de meios e simulacros de incêndios, resgate no mar, roubo de automóvel e acidente de viação.

protecao1

Suspeito de homicídio terá sido ajudado

Luís Lopes, o homem acusado pelo Ministério Público (MP) de homicídio qualificado e profanação de cadáver do seu companheiro, em abril do ano passado, em Adão Lobo, no concelho do Cadaval, não será o único arguido a sentar-se no banco dos réus, no início do julgamento, a 18 de março, às 14h00, no Tribunal de Loures, sede da Comarca de Lisboa Norte.

crime

Ciclista da Ribafria venceu a primeira etapa da Taça de Portugal de Masters

Um ciclista do CRP Ribafria | Grupo Parapedra – Dinazoo – Riomagic venceu a primeira etapa da Taça de Portugal de Masters em Taveiro – Coimbra, no dia 25 de fevereiro. É uma corrida em que os atletas competem pela liderança entre escalões, sendo esta prova composta por cinco etapas.

ciclista