Q

Previsão do tempo

15° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 21° C
  • Monday 22° C
15° C
  • Saturday 19° C
  • Sunday 22° C
  • Monday 22° C
15° C
  • Saturday 20° C
  • Sunday 23° C
  • Monday 24° C

“A criação” aplaudida no CCC

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Foi com uma grande ovação que terminou no CCC das Caldas da Rainha a última das três apresentações que a Orquestra Académica Metropolitana e o Coro Sinfónico Lisboa Cantat fizeram pelo país de “A Criação”. Depois da Basílica de Mafra e do Mosteiro de Alcobaça, seguiu-se o CCC na tarde de 24 de Maio. “Esta […]
A criação aplaudida no CCC

Foi com uma grande ovação que terminou no CCC das Caldas da Rainha a última das três apresentações que a Orquestra Académica Metropolitana e o Coro Sinfónico Lisboa Cantat fizeram pelo país de “A Criação”. Depois da Basílica de Mafra e do Mosteiro de Alcobaça, seguiu-se o CCC na tarde de 24 de Maio. “Esta foi sem dúvida a sala que proporcionou melhores condições”, referiu o maestro Jean-Marc Burfin que dirigiu a orquestra e o coro. O responsável elogiou a excelente acústica e a maior proximidade do público, que facilitou uma maior interacção. “Foi causa como apresentar uma outra obra. Hoje conseguimos ouvir coisas que não tínhamos conseguido ouvir antes”. A peça apresentada,”A Criação” (Die Schöpfung), é um oratório dividido em três partes, escrito em 1797. Foi a primeira obra sacra do compositor austríaco Joseph Haydn com um texto alemão. O texto é baseado no livro do Génesis e no poema “O Paraíso Perdido”, de John Milton, sendo considerada a obra-prima de Haydn. Enquanto orquestra académica, composta por jovens em formação musical, faz parte do procedimento que apresentem vários programas ao longo do ano. Para “A Criação” foram planificados estas três sessões. “O ritmo de trabalho para os estudantes é mesmo este: um programa por mês”, explicou o maestro. Esta foi a primeira vez que a Orquestra Académica Metropolitana realizou um concerto com um coro. Uma experiência que muito agradou ao maestro responsável. “O trabalho tomou uma outra dimensão, porque houve uma interacção com o coro. Isso abre um pouco os ouvidos e solicita um outro tipo de sensibilidade”, referiu. Quem também surpreendeu pela qualidade foram Raquel Camarinha (soprano), João Cipriano Martins (tenor) e Nuno Dias (baixo).

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

João Almeida venceu 6ª etapa da Volta à Suíça

O ciclista caldense João Almeida venceu nesta sexta-feira a etapa número seis da Volta à Suíça, com quatro segundos de vantagem sobre o 2º classificado, o camisola amarela Adam Yates, britânico que é seu colega de equipa na UAE Team Emirates. A bonificação de dez segundos alcançada com a vitória faz com que Almeida esteja na geral em 2º lugar, a 27 segundos de Yates, que ganhou um bónus de seis segundos.

almeida 1

Alvorninha em festa

Alvorninha vai estar em festa no dia 1 de julho, com uma noite animada por Nelson Lords & Nuno Alexandre, Némanus e DJ Telmo Ferreira.

alvorninha