Q

Previsão do tempo

13° C
  • Monday 11° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 12° C
13° C
  • Monday 10° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 12° C
13° C
  • Monday 10° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 12° C

Junho das Artes

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Óbidos recebe artistas nacionais de renome Rui Chafes, Pedro Calapez, Pedro Proença, Pedro Cabrita Reis, José Pedro Croft, José Aurélio, Graça Pereira Coutinho e Cristina Ataíde são os grandes nomes da Arte Contemporânea que vão estar em Óbidos no Junho das Artes 2008. Trata-se de uma iniciativa que pretende ainda homenagear a designer de interiores […]
Junho das Artes

Óbidos recebe artistas nacionais de renome Rui Chafes, Pedro Calapez, Pedro Proença, Pedro Cabrita Reis, José Pedro Croft, José Aurélio, Graça Pereira Coutinho e Cristina Ataíde são os grandes nomes da Arte Contemporânea que vão estar em Óbidos no Junho das Artes 2008. Trata-se de uma iniciativa que pretende ainda homenagear a designer de interiores Maria José Salavisa, o pintor, cenógrafo e figurinista Abílio de Mattos e Silva e mostrar o trabalho de jovens artistas nacionais. O Junho das Artes, que decorre de 6 a 29 de Junho, pretende identificar Óbidos com a inovação e criatividade, promovendo um melhor acesso e fruição da arte contemporânea a toda a comunidade. Este evento promove um conjunto de iniciativas a realizar tanto em espaços mais convencionais, como galerias e museus, como em espaços públicos e em edifícios adaptados para efeito, permitindo a realização de diferentes exposições e eventos que promovam a fruição das artes na sua multidisciplinariedade e a divulgação de autores com diferentes expressões e linguagens artísticas. Tornar a vila de Óbidos num espaço de “invasão” artística, levando a efeito um conjunto de manifestações artísticas que conciliem e valorizem a relação entre o património histórico e a criação e intervenção artística contemporânea é um dos pontos essenciais desta iniciativa. Homenagem a Abílio de Mattos Silva e Maria José Salavisa O Museu Abílio de Mattos e Silva tem como razão de existência o espólio do artista, nomeadamente nas áreas da cenografia, figurinismo, ilustração e design gráfico, pintura e desenho, doado ao Município de Óbidos por Maria José Salavisa Mattos e Silva. Nas diferentes áreas de criação/produção a que Abílio se dedicou não existe, para lá do Museu do Teatro em Lisboa, mais nenhum espaço de autor, dedicado a áreas tão específicas de criação e, por isso, a abertura do Museu Abílio de Mattos e Silva permitirá criar condições para a realização de acções diversificadas no âmbito das artes cénicas fora do contexto da representação. A Casa do Arco – Abílio de Mattos e Silva e Maria José Salavisa será uma Casa Museu que proporcionará uma viagem pelo interior de um edifício onde viveram personalidades relacionadas com a cultura portuguesa do século XX. Este é um espaço propício à realização de pequenos encontros sobre literatura, artes e música, onde se vão promover eventos para pequenos grupos. A abertura oficial do Centro de Design de Interiores acontecerá durante a iniciativa Junho das Artes, sendo inaugurado com uma exposição de projectos e obras de Maria José Salavisa. Para além desta exposição, vai ser desenvolvido um conjunto de actividades, designadamente a recolha de projectos que se possam constituir como um acervo interessante de informações para os visitantes do centro e a realização de seminários, conferências e workshops nos domínios do design e arquitectura de interiores. Exposições Na Galeria Ogiva serão expostas obras de alguns dos autores de arte contemporânea mais reconhecidos internacionalmente e que têm como traço comum Maria José Salavisa (Pedro Cabrita Reis – José Pedro Croft – Pedro Proença – Pedro Calapez – Cristina Ataíde – Graça Pereira Coutinho, Rui Chafes). Na Galeria do Pelourinho haverá uma exposição sobre a obra de Maria José Salavisa e o auditório de Santiago irá acolher a instalação do jovem criador, mas já premiado (BES Revelação, EDP) Ramiro Guerreiro. A Igreja do Mucharro será preenchida com obras de novos criadores, designadamente da Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha (ESAD), Clube Português de Artes e Ideias e Escola Superior de Belas Artes de Lisboa (ESBAL). Haverá ainda instalação de obras de artistas consagrados, designadamente José Aurélio e Rui Chafes, em espaços públicos de passagem, o que proporcionará um contacto mais próximo das pessoas com as obras de arte e a promoção da Vila de Óbidos como comunidade dinâmica nos domínios das artes e da cultura. Como se pretende que o Junho das Artes seja um evento que admite, nos domínios da arte contemporânea, a presença de todos os tipos de linguagens artísticas e formatos de apresentação de obras de arte, neste item inscrevem-se também jovens criadores que apresentarão as suas obras e novos projectos nas ruas e espaços públicos de Óbidos.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Procissão das chouriças

Decorreram entre 20 e 22 de janeiro, em Valado dos Frades, na Nazaré, as Festas em Honra de São Sebastião, tendo o ponto alto sido a procissão, em que participaram dezenas de grupos com os seus andores de oferendas e devoção religiosa, e o famoso leilão das...

chouricas

Óbidos no Congresso Nacional de Desporto

No passado dia 23 de janeiro realizou-se em Barcelos o Congresso Nacional de Municípios Amigos do Desporto, com a participação de 167 autarquias, entre as quais a de Óbidos, tendo sido partilhadas algumas práticas de programas desenvolvidos em diferentes...

congresso

7.ª Entrega de “Kits Recém-Nascido”

Decorreu no passado dia 16, no Auditório dos Paços do Concelho do Cadaval, a sétima entrega de Kits Recém-Nascido, no âmbito do projeto "Oeste +Grávida". A cerimônia contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, José Bernardo Nunes, e de Carla Serrenho...

kit