Q

Previsão do tempo

6° C
  • Monday 11° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 12° C
6° C
  • Monday 10° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 12° C
5° C
  • Monday 10° C
  • Tuesday 12° C
  • Wednesday 12° C

Grande auditório do CCC encheu para ouvir Camané

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Camané encontrou casa cheia no grande auditório do Centro Cultural e de Congressos (CCC) das Caldas da Rainha, naquele que foi um grande concerto com temas do seu mais recente disco, “Sempre de Mim”, que está no primeiro lugar do top nacional. Perante 650 pessoas, o fadista deu um espectáculo com cerca de 30 músicas. […]
Grande auditório do CCC encheu para ouvir Camané

Camané encontrou casa cheia no grande auditório do Centro Cultural e de Congressos (CCC) das Caldas da Rainha, naquele que foi um grande concerto com temas do seu mais recente disco, “Sempre de Mim”, que está no primeiro lugar do top nacional. Perante 650 pessoas, o fadista deu um espectáculo com cerca de 30 músicas. O público rendeu-se à voz irrepreensível de Camané e ao som quente do trio de cordas. De fato cinzento e camisa branca, Camané abriu o espectáculo sentado numa cadeira, quase no fundo do palco. “Sei De Um Rio” foi o primeiro tema que cantou, numa viagem pelo fado que durou mais de uma hora. Camané voltou três vezes ao palco para atender às ovações do público. Agradecendo os aplausos um sem número de vezes, lembrou os seus tempos de adolescente e destacou um dos seus fados preferidos: “Fado Cravo”, de Marceneiro. Camané esteve no palco acompanhado por Carlos Manuel Proença, na viola, José Manuel Neto, na guitarra portuguesa, e Paulo Paz, no contra-baixo. No final do espectáculo, Camané confessou que quando sobe ao palco vai inseguro e tem medo, mas o seu principal objectivo é “estar entregue ao que estou a fazer para conseguir contar histórias e transmitir os sentimentos às pessoas”. A boa recepção do público e as palmas acabam por ajudá-lo a ir ficando cada vez mais descontraído ao longo do espectáculo. Uma das partes em que mais se emociona é aquela “em que se ouve o silêncio e as pessoas ficam todas apenas a olhar”. Camané elogiou o auditório do CCC, considerando que é “uma sala fantástica, muito boa mesmo”. Uma semana depois de ter esgotado o Coliseu dos Recreios, em Lisboa, Camané conseguiu o mesmo nas Caldas da Rainha. Segundo o fadista, houve poucas diferenças entre os dois espectáculos, porque o alinhamento foi quase igual. “Só houve um tema que não cantei aqui, o ‘Asas Fechadas’, porque são precisos dois contra-baixos. No fim do espectáculo no Coliseu também ainda cantei um fado ‘a capela’. De resto foi igualzinho ao das Caldas”, contou. O CD “Sempre de Mim”, editado a 21 de Abril, está quase a chegar ao disco de platina, com mais de dez mil exemplares vendidos. “Está a ultrapassar completamente as minhas expectativas e as da editora. Sempre achei que a minha música não era para primeiro lugar do top”, disse. Marlene Sousa

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Procissão das chouriças

Decorreram entre 20 e 22 de janeiro, em Valado dos Frades, na Nazaré, as Festas em Honra de São Sebastião, tendo o ponto alto sido a procissão, em que participaram dezenas de grupos com os seus andores de oferendas e devoção religiosa, e o famoso leilão das...

chouricas

Óbidos no Congresso Nacional de Desporto

No passado dia 23 de janeiro realizou-se em Barcelos o Congresso Nacional de Municípios Amigos do Desporto, com a participação de 167 autarquias, entre as quais a de Óbidos, tendo sido partilhadas algumas práticas de programas desenvolvidos em diferentes...

congresso

7.ª Entrega de “Kits Recém-Nascido”

Decorreu no passado dia 16, no Auditório dos Paços do Concelho do Cadaval, a sétima entrega de Kits Recém-Nascido, no âmbito do projeto "Oeste +Grávida". A cerimônia contou com a presença do presidente da Câmara Municipal, José Bernardo Nunes, e de Carla Serrenho...

kit