Q

Previsão do tempo

23° C
  • Monday 19° C
  • Tuesday 19° C
  • Wednesday 23° C
23° C
  • Monday 20° C
  • Tuesday 20° C
  • Wednesday 23° C
23° C
  • Monday 21° C
  • Tuesday 21° C
  • Wednesday 25° C

No centro histórico das Caldas

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
Estudantes reconstruíram casa de doente de Parkinson Um idoso que sofre da doença de Parkinson e vive sozinho num apartamento bastante degradado, sem condições de conforto e habitabilidade, viu o interior da sua casa reconstruído numa semana por um grupo de seis alunas de um estabelecimento de ensino das Caldas da Rainha. Ana Assunção, Sílvia […]
No centro histórico das Caldas

Estudantes reconstruíram casa de doente de Parkinson Um idoso que sofre da doença de Parkinson e vive sozinho num apartamento bastante degradado, sem condições de conforto e habitabilidade, viu o interior da sua casa reconstruído numa semana por um grupo de seis alunas de um estabelecimento de ensino das Caldas da Rainha. Ana Assunção, Sílvia Ferreira, Carina Jordão, Ana Machado, Mariana Columbano e Sónia Almeida, com idades entre 17 e 19 anos, no âmbito da disciplina de Área de Projecto do curso de Ciências Sociais e Humanas, do 12º ano, turmas C e D, do Colégio Rainha D. Leonor, colocaram tacos no chão e enceraram-no, limparam e pintaram paredes, repararam portas, taparam buracos, instalaram cortinados, arranjaram móveis, fizeram decorações e até compraram um frigorífico, depois de terem angariado verbas através de diversas iniciativas, com a colaboração de outros alunos de Formação Cívica, do 5º ao 9º ano, que lavaram carros e fizeram quermesses, reunindo cerca de 300 euros. O resultado das obras no 4º esquerdo do nº 7 da Rua Maria Ernestina Martins Pereira, no centro histórico da cidade, mostrado na passada quarta-feira a Jorge Firmino, de 55 anos, deixou-o comovido. “Melhor não pode estar. Queria dar-lhes uma prenda, mas elas não querem aceitar”, confessou, entre as poucas palavras que conseguiu proferir. “Valeu a pena. Perdemos muitas aulas, passámos aqui das oito da manhã às oito da noite, mas isto foi mais importante, por conseguirmos ajudar alguém”, disseram as estudantes ao JORNAL DAS CALDAS, comentando que “ficámos com um sentimento de vitória e de dever cumprido”. A direcção e funcionários do Colégio prestaram alguma ajuda, e até uma vizinha do idoso emprestou um aspirador. As alunas tomaram conhecimento da situação de Jorge Firmino através de Rita Queiroz, assistente social Misericórdia das Caldas da Rainha, que lhe presta apoio domiciliário. O cenário que encontraram era “horrível”. “Somos raparigas habituadas a ter conforto em casa e chegámos aqui e vimos uma casa vazia, desleixada, suja e a cheirar mal. Ficámos chocadas”, desabafaram. Para as estudantes, agora só falta “o apoio da família, o amor e carinho dos filhos”. Guida Cardoso, professora de Área de Projecto, contou ao JORNAL DAS CALDAS que ficou “muito sensibilizada e impressionada” desde o início com o empenho e interesse das alunas “por uma realidade que é alheia à maior parte dos jovens, porque não são muitos os jovens que se preocupam com os mais velhos ou com quem está doente ou sozinho”. Segundo garantiu, “estas alunas merecem uma boa nota”. Esta trabalho inseriu-se no projecto”Sentir Caldas”, cujo principal objectivo é “promover a cidade das Caldas da Rainha nos vários domínios, turismo, comércio, solidariedade social, aproximando a população caldense à cidade e entre si, apostando na criação de laços mais fortes entre a comunidade existente”. O mesmo grupo desenvolveu no decorrer deste ano lectivo actividades relacionadas com solidariedade, tendo organizou um baile de S. Valentim para a terceira idade. Francisco Gomes

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Estudantes visitam Paul de Tornada

A Associação PATO recebeu duas turmas da Escola Secundária Raul Proença, que realizaram um conjunto de atividades de voluntariado, explorando a Reserva Natural do Paul de Tornada numa visita guiada, contribuíram para o nascimento de um jardim sensorial e efetuaram ainda uma monitorização ambiental na Lagoa de Óbidos com o Projeto Coastwatch, recolhendo muito lixo marinho.

pato

Jovens portugueses e finlandeses em intercâmbio

Entre os dias 1 e 8 de abril, a Associação Juvenil de Peniche foi palco de um intercâmbio sob a temática da arte e sustentabilidade. O evento recebeu a participação de doze jovens, de Portugal e Finlândia, com idades entre os 15 e os 25 anos.

intercambio

Curso Avançado de Produção de Microalgas e Cultivos Auxiliares

O MARE - Politécnico de Leiria e a Escola Superior de Turismo e Tecnologias do Mar, em Peniche, vão promover uma nova edição do Curso Avançado de Produção de Microalgas e Cultivos Auxiliares, que pretende dar a conhecer as espécies de microalgas cultivadas em laboratório, métodos de cultivo, potencialidades como recursos marinhos, sistemas de produção, e os cultivos auxiliares que beneficiam e cujo valor nutricional pode ser modelado através da alimentação com microalgas. As inscrições estão abertas até dia 27 de maio.