Q

Previsão do tempo

18° C
  • Monday 22° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 22° C
18° C
  • Monday 23° C
  • Tuesday 22° C
  • Wednesday 23° C
18° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 24° C
  • Wednesday 25° C

Investimento de 18 milhões de euros

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
“CCC vai ser um espaço de referência no país e a nível internacional”, afirma vereadora da Cultura Às primeiras horas do dia 15 de Maio, cerca das 24h20, o Centro Cultural e de Congressos (CCC) das Caldas da Rainha abre pela primeira vez as suas portas à população em geral e dá-se a conhecer como […]
Investimento de 18 milhões de euros

“CCC vai ser um espaço de referência no país e a nível internacional”, afirma vereadora da Cultura Às primeiras horas do dia 15 de Maio, cerca das 24h20, o Centro Cultural e de Congressos (CCC) das Caldas da Rainha abre pela primeira vez as suas portas à população em geral e dá-se a conhecer como a obra mais emblemática dos últimos anos no concelho. Trata-se de um investimento de 18 milhões de euros num equipamento de “características ímpares e relevância para uma estratégia de afirmação, criação, produção e difusão de actividades culturais, artísticas, empresariais e turísticas”, considera a autarquia. “Há poucos espaços com as características que o Centro Cultural tem e pode oferecer. Vai ser um espaço de referência no país e, provavelmente, a nível internacional”, afirma a vereadora da Cultura, Maria da Conceição. Escreve o estudante de música Jorge Rodrigues, autor do blogue não oficial do CCC na Internet, que “a concretização do CCC vem colmatar o vazio de um espaço totalmente dedicado à cultura no concelho de Caldas da Rainha”. “Com o derrubar da Casa da Cultura e demolição do Teatro Pinheiro Chagas, o auditório dos “Pimpões” foi, durante mais de duas décadas, a única sala de espectáculos ao serviço do concelho, um verdadeiro serviço público à cultura. No entanto, exigia-se mais, exigia-se uma melhor acústica, um espaço mais alargado e melhores condições técnicas”, refere. Para a Câmara Municipal, o CCC “é um espaço de descoberta, de inovação, de debate e de educação para a cultura nas suas mais diversas áreas e manifestações, dos Clássicos aos Movimentos Alternativos”. “Este é um projecto que apela à conjugação de valores entre o tecido empresarial, o turismo, a cultura, as artes e o entretenimento, aproximando os mais variados produtos culturais dos seus públicos, com o intuito de promover o bem estar da população e o seu desenvolvimento constituindo-se num novo paradigma de oportunidades”, sustenta, acrescentando que “é também por isso que o CCC se apresenta como um local de condições ímpares para a realização de congressos, conferências e reuniões profissionais”. A autarquia vai mais longe ao afirmar que o CCC “é um equipamento singular que reúne uma dimensão de “polis” capaz de proporcionar à cidade e seu concelho, motivação e auto -estima que consubstancie uma dinâmica de afirmação”. O CCC é assumido como “um edifício de simples mas de imponentes linhas arquitectónicas como que a sublimar a verdadeira riqueza interior que vai conter”. “Construído para acolher diversos tipos de espectáculos e iniciativas, dispõe de vários espaços configurados para o que de mais precioso se pode usufruir em termos de espectáculos devidamente equipado com meios técnicos e acústicos que asseguram os mais elevados níveis de qualidade para a produção e apresentação de eventos da maior exigência, assim como a integração de infra-estruturas e tecnologias de suporte para a realização de eventos empresariais e profissionais capazes de acolher um considerável número de participantes comodamente”, descreve a edilidade. Com 660 lugares, distribuídos por camarotes, 2 plateias e balcão, com um palco de 600 m2, o Grande Auditório, como o nome indica, é o espaço magno do CCC onde decorrerão os eventos de maior dimensão – artísticos ou profissionais – e igualmente uma sala dinâmica, ajustável às necessidades de cada situação e apta a responder com qualidade às mais exigentes produções nacionais e internacionais, bem como cimeiras, congressos, conferências e colóquios. A par deste equipamento, a existência de uma Sala de Ensaios, faculta o exercício artístico para produções a apresentar no grande auditório sem interferir com o seu funcionamento, proporcionando uma racionalização de meios ajustável ao processo criativo com capacidade de exercício artístico completamente autónomo e com condições de albergar programas multidisciplinares. O Pequeno Auditório, com 150 lugares em bancada periscópica, poderá acolher projectos mais intimistas em áreas igualmente diversas como o teatro, a música, o cinema e mesmo um baile. O Café Concerto é uma montra artística dinâmica, espaço de debate e de reflexão. Com serviço de copa personalizado e de lazer oferecerá também uma programação diversificada a cada mês. Dança, teatro, ilusionismo, projectos audiovisuais, debates e performances são alguns dos eventos que poderão ser ali ser assistidos. O Café Concerto do CCC será também um espaço privilegiado para tertúlias e lançamentos editoriais. O CCC dispõe ainda, no Piso -1, de Sala de Exposições com 230 m2, que garantirá uma sistemática exibição de projectos artísticos nacionais e internacionais em adequação aos circuitos qualificados que o Centro de Artes da cidade promove. Conta ainda com outra área, designada por espaço Multiusos, com possibilidade de se configurar em quatro salas de trabalho, que podem ser utilizadas para reuniões, apoio a congressos, sessões de formação e outros serviços tão diversificados como danças de salão, festas temáticas, workshops ou mesmo ensaios de orquestra. O Serviço Educativo tem como principal missão contribuir para uma aproximação entre os espectáculos e o público. Promover acções pedagogicamente orientadas é também uma preocupação fulcral deste serviço, afim de se incentivar a criação de hábitos culturais e fomentar o conhecimento e a prática do público mais jovem em projectos artísticos. O desenvolvimento deste serviço assentará essencialmente em projectos artísticos, estratégias pedagógicas e iniciativas de envolvimento sócio-cultural., nomeadamente, espectáculos, oficinas temáticas, workshops/acções de formação, seminários/fóruns, visitas guiadas, projecto para escolas, festas temáticas e serviço de baby -sitting cultural. Haverá ainda um Posto de Informações e esclarecimentos de carácter cultural, da agenda, do funcionamento do próprio Centro bem como informações de carácter turístico do concelho e da região. O edifício proporciona também aos utentes e cidadãos um parque de estacionamento subterrâneo com 350 lugares. Francisco Gomes Programa do Feriado Municipal 14 de Maio 21h30 – David Fonseca – Concerto Praça 25 de Abril 23h30 – Animação de Rua: Bufones 24h00 – Fogo de Artifício 24h20 – Visita ao Centro Cultural e Congressos – Espectáculo Gaita de foles – Instalação Multimédia Ozzy Project – Baile com Danças Tradicionais Europeias – DJ Ride e VHS (DJ e VJ) 15 de Maio 10h00 – Missa Solene na Igreja de Nossa Senhora do Pópulo 11h30 – Sessão Solene e entrega de Medalhas de Mérito Municipal no edifício dos Paços do Concelho 15h00 – Homenagem à Rainha D. Leonor no Largo Conde Fontalva 15h30 – Sessão Solene no Salão Nobre do Hospital Termal 15h45 – Inauguração do Centro Cultural e Congressos

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Quatro pessoas assistidas em acidente aparatoso

Um acidente envolvendo dois carros na Avenida Barata Feyo, junto ao hipermercado E.Leclerc, nas Caldas da Rainha, ocorreu neste domingo de manhã, levando quatro pessoas a serem assistidas pelas equipas pré-hospitalares dos bombeiros.

despiste1