Q

Previsão do tempo

16° C
  • Monday 24° C
  • Tuesday 32° C
  • Wednesday 27° C
16° C
  • Monday 25° C
  • Tuesday 34° C
  • Wednesday 29° C
16° C
  • Monday 28° C
  • Tuesday 38° C
  • Wednesday 33° C

Cruz Vermelha das Caldas apoiou peregrinos

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
O Núcleo de Caldas da Rainha da Cruz Vermelha Portuguesa, pelo segundo ano consecutivo, prestou assistência a mais de 100 peregrinos que foram para Fátima a pé para as celebrações do 13 de Maio. 16 voluntários do núcleo revezaram-se no posto de apoio à beira da Estrada Nacional N.º 8, junto ao restaurante Três Torres […]
Cruz Vermelha das Caldas apoiou peregrinos

O Núcleo de Caldas da Rainha da Cruz Vermelha Portuguesa, pelo segundo ano consecutivo, prestou assistência a mais de 100 peregrinos que foram para Fátima a pé para as celebrações do 13 de Maio. 16 voluntários do núcleo revezaram-se no posto de apoio à beira da Estrada Nacional N.º 8, junto ao restaurante Três Torres e à Cooperativa de Fruticultores de Alcobaça. A Escola de Sargentos do Exército (ESE) montou duas tendas e os Bombeiros Voluntários de S. Martinho do Porto puseram no local uma viatura com água. Este ponto de apoio esteve a funcionar de 8 a 12 de Maio. As preocupações residiram, não só, nos efeitos das caminhadas, mas também nos cuidados em relação ao trânsito. Todos os peregrinos que passaram por este posto de assistência receberem um panfleto da coordenação nacional de emergência da Cruz Vermelha Portuguesa, com informação útil sobre como se faz uma caminhada a pé com segurança. “Dores musculares, lesões dérmicas, cansaço físico”, foram algumas das maleitas que mais apareceram, revelou o presidente do núcleo, Fernando Fidalgo, acrescentando também foi dado ânimo e apoio psicológico para os peregrinos continuarem o percurso. Outros males sobre os quais os voluntários da Cruz Vermelha tiveram que intervir foram “problemas no pé, bolhas, hematomas, problemas nas unhas, sobretudo quando o calçado não é o mais adequado, fissuras e outros problemas causados pela humidade”, adiantou Fernando Fidalgo. A receber apoio dos voluntários da Cruz Vermelha esteve Isabel Ruivo. Veio a andar desde Mafra e sentiu dores nos pés. “Fizeram-me uma massagem nos pés e colocaram-me uma ligadura num dedo ferido”, disse, frisando que “o apoio dos voluntários é óptimo e torna mais fácil o percurso”. Marlene Sousa

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Distribuição de kits de primeiros socorros reforça segurança

O município de Óbidos concretizou a aquisição de 50 kits de primeiros socorros como parte de uma estratégia para melhorar a segurança de utentes e profissionais em espaços municipais. Os equipamentos serão distribuídos por escolas, jardins de infância, atividades de tempos livres (ATL) e outros serviços, visando aumentar a capacidade de resposta a emergências.

kits

“Semana Sénior” com passeios

O Serviço de Ação Social do Município do Cadaval voltou a promover a “Semana Sénior”, que decorreu de 1 a 5 de julho e contou com mais de 250 participantes. Castelo de Vide, Coruche, Lisboa, Nisa e Porto de Mós foram as localidades visitadas nesta edição.

semana

Viola amarantina chega ao CCC

O músico e compositor natural de Vila Real, Rui Fernandes, continua a sua digressão pelo país a apresentar a sua mestria na viola amarantina, instrumento tradicional de cinco ordens de cordas duplas, originário da região de Amarante. No dia 26 de julho, às 21h30, atua em quarteto, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.

viola