Q

Previsão do tempo

13° C
  • Wednesday 10° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
13° C
  • Wednesday 10° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
13° C
  • Wednesday 11° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C

Pescador descobre âncora antiga em São Martinho do Porto

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
João Caçoila, de 49 anos, pescador em São Martinho do Porto, estava longe de imaginar que as suas artes de pesca tinham ficado presas por causa de uma âncora com mais de dois metros de altura. O achado arqueológico marítimo, que se supõe ter mais de cem anos, foi encontrado a 25 metros de profundidade, […]
Pescador descobre âncora antiga em São Martinho do Porto

João Caçoila, de 49 anos, pescador em São Martinho do Porto, estava longe de imaginar que as suas artes de pesca tinham ficado presas por causa de uma âncora com mais de dois metros de altura. O achado arqueológico marítimo, que se supõe ter mais de cem anos, foi encontrado a 25 metros de profundidade, ao largo do Facho de São Martinho do Porto. Depois de ter deixado os covos na água, e passada a tempestade, João Caçoila decidiu levar as artes, mas por diversas vezes tentou e não conseguiu, pensando que as armadilhas tivessem ficado presas nas pedras do fundo do mar. Pediu ajuda a um colega que tem uma embarcação equipada com um guincho de grandes dimensões e qual não foi o seu espanto quando constatou que agarrada às artes de pesca vinha também uma âncora com mais de dois metros e cerca de duzentos quilos. “A âncora é tão pesada e grande que nem a embarcação do meu colega conseguiu içá-la para fora de água”. Foi, por isso, “arrastada até ao cais de São Martinho”, onde ficou. Seria depois puxada para terra com a ajuda de um guindaste do Clube Náutico. João Caçoila comunicou de imediato à Polícia Marítima que havia encontrado uma âncora centenária. Dado o seu aspecto oxidado e corroído, o ferro, que se supõe ser do tipo “almirantado”, poderá ter pertencido a uma embarcação de grandes dimensões que antigamente fundeava ao largo da Baía. O comandante Pais Neto, da Capitania do Porto da Nazaré, informou o Museu da Marinha. O pescador defende que a âncora “devia ficar exposta numa rotunda à entrada de São Martinho do Porto. Esta vila também já foi uma terra de pescadores, porque os da Nazaré antes de terem o porto de abrigo, tinham aqui os seus barcos. Era uma boa homenagem ter esta peça aqui”. O Museu da Marinha concluiu que possui exemplares idênticos em melhor estado de conservação, pelo que a âncora deverá ficar em São Martinho. Para já é motivo de romaria por parte de outros colegas de faina. Carlos Barroso

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Peão Cavalgante/Arneirense no Torneio de Xadrez Centenário

Realizou-se no Sport Operário Marinhense, na Marinha Grande, no passado dia 29, o Torneio de Xadrez Centenário, onde António Policarpo foi o único representante da Associação Peão Cavalgante/Arneirense, das Caldas da Rainha. Participaram 80 jogadores com o ritmo de...

xadrez

Festival das Sopas

O Sport Clube Escolar Bombarralense vai organizar na sua sede a sexta edição do Festival das Sopas, nos dias 11 de fevereiro, das 18h às 23h, e 12 de fevereiro, das 12h às 16h. Haverá variadas sopas para degustar. As crianças dos 5 aos 10 anos pagam quatro euros e...

Exposição sobre José Saramago no CCC

O STAL - Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, Empresas Públicas, Concessionárias e Afins associou-se ao centenário de nascimento do Prémio Nobel da Literatura José Saramago, através de uma exposição com a chancela da Fundação José...

saramago