Q

Previsão do tempo

7° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 12° C
7° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 13° C
7° C
  • Wednesday 9° C
  • Thursday 14° C
  • Friday 13° C

Câmara do Bombarral presta homenagem às mulheres

EXCLUSIVO

ASSINE JÁ
A Câmara Municipal do Bombarral assinalou a 7 de Março o Dia Internacional da Mulher, com a realização de um debate cujo tema foi “As Mulheres Após o 25 de Abril”. Organizado pelo Gabinete da Acção Social da autarquia, o evento contou com a participação de Maria do Rosário Fidalgo, em representação da Comissão para […]
Câmara do Bombarral presta homenagem às mulheres

A Câmara Municipal do Bombarral assinalou a 7 de Março o Dia Internacional da Mulher, com a realização de um debate cujo tema foi “As Mulheres Após o 25 de Abril”. Organizado pelo Gabinete da Acção Social da autarquia, o evento contou com a participação de Maria do Rosário Fidalgo, em representação da Comissão para a Cidadania e Igualdade de Géneros (CIG), e de Ana Coucello, presidente da Plataforma Portuguesa para os Direitos das Mulheres. Perante uma plateia de cerca de meia centena de pessoas, a primeira oradora começou por abordar as várias etapas do mecanismo nacional para a igualdade, que culminaram com a criação da CIG, substituindo a Comissão para a Igualdade e para os Direitos das Mulheres. Maria do Rosário Fidalgo falou sobre os Planos Nacionais para a Igualdade e Contra a Violência Doméstica e apresentou as datas mais relevantes desta luta pela igualdade entre homens e mulheres. No caso português, o primeiro passo para a igualdade de géneros foi dado logo após a “Revolução dos Cravos” com a publicação, entre 1974 e 1975, de três diplomas que abriram o acesso das mulheres a todos os cargos e a abolição de todas as restrições baseadas no sexo quanto à capacidade eleitoral. Ana Coucello começou a sua intervenção, recordando a forma como as mulheres eram tratadas antes do 25 de Abril. Segundo esta responsável, as mulheres não podiam exercer determinadas profissões, não podiam deslocar-se ao estrangeiro sem autorização do marido, não tinham direito ao espaço público e podiam inclusive ser mortas em caso de adultério sem qualquer intervenção da Justiça. Regressando ao presente, a presidente da Plataforma abordou alguns problemas que estão a preocupar esta associação, como é o caso do tráfico de seres humanos e da violência doméstica, defendendo por isso a existência de mais Casas de Abrigo para mulheres violentadas e uma legislação mais adequada. Mostrou-se igualmente preocupada com a disparidade existente no mercado de trabalho, afirmando que continuam a existir desigualdades entre homens e mulheres ao nível das promoções na carreira e nos salários. Ainda no âmbito do Dia Internacional da Mulher, a Câmara Municipal, por intermédio do presidente Luís Camilo Duarte, homenageou todas as funcionárias da autarquia oferecendo uma flor a cada uma delas.

(0)
Comentários
.

0 Comentários

Deixe um comentário

Últimas

Artigos Relacionados

Peão Cavalgante/Arneirense no Torneio de Xadrez Centenário

Realizou-se no Sport Operário Marinhense, na Marinha Grande, no passado dia 29, o Torneio de Xadrez Centenário, onde António Policarpo foi o único representante da Associação Peão Cavalgante/Arneirense, das Caldas da Rainha. Participaram 80 jogadores com o ritmo de...

xadrez

Festival das Sopas

O Sport Clube Escolar Bombarralense vai organizar na sua sede a sexta edição do Festival das Sopas, nos dias 11 de fevereiro, das 18h às 23h, e 12 de fevereiro, das 12h às 16h. Haverá variadas sopas para degustar. As crianças dos 5 aos 10 anos pagam quatro euros e...

Exposição sobre José Saramago no CCC

O STAL - Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional, Empresas Públicas, Concessionárias e Afins associou-se ao centenário de nascimento do Prémio Nobel da Literatura José Saramago, através de uma exposição com a chancela da Fundação José Saramago, que estão a percorrer vários distritos de Portugal, sendo inaugurada no dia 11, às 16h, no Centro Cultural e de Congressos das Caldas da Rainha.

saramago